O coronel da novela e a tradição da província

Do blog do Zé Beto

Agora se sabe que na cerimônia onde os  ministros Ricardo Lewandowski e Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, receberam a Ordem do Pinheiro, a mais alta comenda do Governo do Paraná, quem roubou mesmo a cena foi um grupo de garotas que estava ali acompanhando uma autoridade do Centro Cívico – imediatamente comparado ao coronel Artur da Tapitanga, personagem de Ary Fontoura na novela Tieta do Agreste, mas que apenas segue uma tradição que demonstra bem uma característica do que é capaz o poder na província.

Seria este o Coronel?

Um comentário em “O coronel da novela e a tradição da província

  • 09/09/2015, 18:34 em 18:34
    Permalink

    Isto e só enfeite e acessorio, pois a fruta que o danado gosta elas não tem……

    Resposta
  • 09/09/2015, 19:14 em 19:14
    Permalink

    Isso aqui virou uma espelunca,governador sobrevoa Foz com olho em Ciudad de Lest,ai se as baterias anti aereas do Paraguai não derrubar o heli co ptero as meninas do Armandinho da sax vão ficar saxiadas e o Coronel ai deve ter uma língua de tamanduá,filha da puta de veio largo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: