O fim da Cohab

O Núcleo Interdisciplinar de Gestão Pública – NIGEP, da Universidade Estadual de Londrina, está fazendo um trabalho minucioso sobre a Cohab- Companhia de Habitação de Londrina.

E, segundo um ex-diretor da Cohab, o núcleo, que ainda não apresentou o resultado, está chegando a óbvia conclusão que a empresa praticamente não tem mais qualquer função a não ser abrigar apadrinhados do gestor do momento que recebem polpudos salários pagos pelo contribuinte.

Há algumas décadas a Cohab era até necessária, ainda sendo responsável por construir casas populares. Hoje não é mais. Anda servido apenas pra fazer política.

Nos últimos anos praticamente não construiu casas. E soma prejuízos mensais há muito tempo.

Não há futuro para a Cohab. Vai acabar se transformando em uma diretoria e olhe lá.

14 thoughts on “O fim da Cohab

  • 13/05/2021, 11:30 em 11:30
    Permalink

    Uma rápida olhada no site da Cohab, Transparência como determina LEI, constatamos 23 cargos comissionados começando com salários em torno de R$ 3 mil até R$ 22 mil. Estes comissionados custam aproximadamente R$ 150 mil/mês e perto de R$ 2,2 milhões/ano sem encargos somados o décimo terceiro e férias.

    Resposta
  • 13/05/2021, 11:37 em 11:37
    Permalink

    Ainda somam outros 13 nomes entre comitês e conselhos remunerados segundo site Cohab por R$ 2.167,89/por reunião. Considerando apenas um encontro por mês custa perto de outros R$ 340 mil ano.

    Resposta
  • 13/05/2021, 11:42 em 11:42
    Permalink

    Londrina é uma cidade que possui muita carência de políticas sociais e muita demanda por moradia popular e social, extinguir a Cohab é abandonar as políticas públicas na área de habitação social e popular. Talvez se fosse um prefeito bolsonarista, que odeia pobre, certamente isso iria acontecer e sem nenhuma alternativa para os menos favorecidos. Mas com o Marcelo Belinati, certamente as políticas sociais em prol de moradias para os mais pobres vai permanecer. Apadrinhados sempre se teve e sempre se terá, é da característica do cargo político de confiança do gestor, o ponto de atenção é se há produção no trabalho e se a produção é feita a contento e por quem está capacitado para tal.

    Resposta
    • 14/05/2021, 14:53 em 14:53
      Permalink

      Alto lá você.
      Que puxa-saquismo tolo.
      Marcelo Belinati não faz mais que sua obrigação de administrar a cidade, nada fantástico, incrível. É regiamente pago com dinheiro do contribuinte, dinheiro público.
      Parem de tratar político como se fossem um fenômeno. É obrigação.
      Essa justificativa que você, Alto lá apresenta, é absurda:
      “Apadrinhados sempre se teve e sempre se terá, é da característica do cargo político de confiança do gestor…..”.

      Resposta
  • 13/05/2021, 11:43 em 11:43
    Permalink

    Somados estes 36 indicados segundo site Cohab/transparência chegamos perto de R$2,5 milhões ano somente com esses comissionados sem encargos.

    Resposta
  • 13/05/2021, 11:47 em 11:47
    Permalink

    Sem valores dos encargos Marcelo Belinati poderia construir aproximadamente pela Cohab quase 100 casas ao longo dos primeiros 4 anos de mandato sem os comissionados. Nāo fez nenhuma.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:40 em 14:40
    Permalink

    O setor privado faria o que a Cohab faz com menos de 10 funcionários. Tem muito concursado e comissionados.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:43 em 14:43
    Permalink

    A Cohab apenas seleciona para CEF aquele que será beneficiado da vez no financiamento. Isso pode ser terceirizado a exemplo que a Caixa faz com as pequenas lojas terceirizadas espalhadas pelo pais e muito mais barato.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:44 em 14:44
    Permalink

    Fazenda Refúgio é da Cohab.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:45 em 14:45
    Permalink

    Mercado Shangri-lá é da Cohab.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:46 em 14:46
    Permalink

    Mercado Guanabara é da Cohab.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:49 em 14:49
    Permalink

    Mercado Quebec é da Cohab.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:54 em 14:54
    Permalink

    Qual a finalidade da Cohab? Moradia para classes baixa. Insano manter uma empresa como essa nos dias atuais com dinheiro público. Só aqui em Londrina mesmo. Um absurdo gigantesco. A conta fecha. Bom para pagar cabo eleitoral do prefeito a aliados de alguns vereadores para manter a base.

    Resposta
  • 13/05/2021, 14:55 em 14:55
    Permalink

    Arnaldo, pode indicar comissionados indicados por Vereadores?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: