O PMDB de sempre e sempre igual

O ministro da Aviação Eliseu Padilha (PMDB), aliado do vice presidente Michel Temer, entregou a carta de demissão. Junto com ele deve sair também outro peemedebista, o Ministro do Turismo, Henrique Alves.

Tá cheirando debandada.

O PMDB deve estar pensando: Para quê ficar com parte do governo se é possível ficar com o governo inteiro?

2 comentários em “O PMDB de sempre e sempre igual

  • 04/12/2015, 21:03 em 21:03
    Permalink

    Debandada sabe quando? Nunca! É ruim que o PMDB vá entregar quase 10 ministérios… O caso do Padilha é que ele quis mandar mais do que podia e se ferrou. Ele vai trabalhar para o impeachment da Dilma? Vai se ferrar de novo. A cambada do Cunha no PMDB não tem tanta força assim. Nem com um empurrãozinho do Aecioporto.

    Resposta
  • 04/12/2015, 23:14 em 23:14
    Permalink

    Quando o navio está afundando, os ratos sao so primeiros a debandar. Eta partidinho de FDP.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: