O PMDB, na TV, mente descaradamente

A propaganda do PMDB na TV chega a ser vergonhosa. O senador Roberto Requião de Mello e Silva chuta a verdade, como sempre. Diz ele que no tempo do PMDB não havia desvio na Educação, mas nem um pio sobre a corrupção no Porto de Paranágua, dirigido pelo irmão. Disse que não havia corrupção na Receita. Mentiu novamente. Os delatores da Operação Publicano afirmam e confirmam que a corrupção ocorre há mais de 20 anos. Ou seja, também aconteceu firme e forte em seu governo sem que ele fizesse nada.

5 comentários em “O PMDB, na TV, mente descaradamente

  • 04/04/2016, 20:54 em 20:54
    Permalink

    E tem bobo que acredita nesse cara de pau.

    Resposta
  • 04/04/2016, 21:51 em 21:51
    Permalink

    A caixinha na Receita pode existir há mais de 20 anos. Mas sob o comando de um primo de um governador é a primeira vez. Não é à toa que o propinoduto tucano na Receita Estadual levou o PGR a pedir que o governador seja investigado pelo STJ.

    Resposta
  • 05/04/2016, 07:31 em 07:31
    Permalink

    Engraçado,noto que a imprensa que não gosta do Requião por motivos obvios(ele não da dinheiro para imprensa marron)Batem sempre no seu irmão onde foram achados uns 200 mil dolares que até hoje nada foi provado que era ilícito,o MOSSAD curitibano tentou mas não conseguiu provar e em 40 anos a imprensa perseguindo o Requião,mas aqueles que ele picou o pé no rabo por serem corruptos,mais outros tantos que ele mandou enfiar faixas no c….
    Podemos dizer que,qual governador foi melhor que ele?Escolhem ai os ultimos,LERNER 8 ANOS,BETINHO 8 ANOS,esses ai foram bons né .

    Resposta
  • 05/04/2016, 08:50 em 08:50
    Permalink

    Esse Senador “Maria Louca” está dando sérios sinais de “alzheimer político” que é a pior das doenças que atacam os seres humanos sem vergonha na cara.

    Resposta
  • 05/04/2016, 10:15 em 10:15
    Permalink

    Será que ele irá falar algo das graves denúncias ao Governo da Governo da Venezuela: “A denúncia, a investigação e o pronunciamento
    O governo bolivariano da Venezuela informa que vai investigar as denúncias das ONGs Human Rights Watch (HRW) e Programa Venezuelano de Educação-Ação em Direitos Humanos (Provea) sobre prisões arbitrárias e execuções extrajudiciais que vitimaram 245 pessoas naquele país no ano passado. Como Roberto Requião é um dos mais entusiastas defensores do presidente Nicolas Maduro e do falecido Hugo Chávez, que dá ordens através do gorjeio de um passarinho, aguarda-se um pronunciamento do senador paranaense a respeito de tão grave denúncia. “

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: