O primeiro Tucano Preso. Outros virão

O ex-governador de Minas Gerais e ex-senador Eduardo Azeredo se entregou agora há pouco em uma delegacia de Belo Horizonte.

Ele é o primeiro político a ser detido no mensalão tucano.

Os cinco desembargadores da 5ª Câmara Criminal rejeitaram, nesta terça-feira (22), o recurso da defesa do ex-senador e ex-governador de Minas Gerais Eduardo Azeredo (PSDB) no processo do mensalão tucano e determinaram a execução imediatada da prisão.

Azeredo foi condenado em segunda instância a 20 anos e um mês de prisão pelos crimes de peculato e lavagem de dinheiro, no mensalão tucano, em agosto passado. A condenação em primeira instância foi em 2015.

Eduardo Azeredo chegou à 1ª Delegacia de Polícia Civil Sul, no bairro Santo Antônio, Região Centro-Sul de Belo Horizonte, acompanhado de um dos filhos e de um dos advogados.

2 comentários em “O primeiro Tucano Preso. Outros virão

  • 23/05/2018, 15:45 em 15:45
    Permalink

    O Marcos VAlerio, que é do mensalão petista, já está cumprindo pena há mas de 10 anos e agora prenderam o cara do mensalão tucano, que antecedeu o petista. Outros virão daqui 50 ou 60 anos, na caduquice da lei. Já dizia Claudio Esteves: A justiça que tardou, falhou…. Grande migué.

    Resposta
  • 24/05/2018, 11:27 em 11:27
    Permalink

    Demorô, né Eduardo Azeredo? O tucanão já deve ter percebido que ele foi pego pra justiça fazer de conta que trata tucanos e petistas da mesma forma. Quem sabe o ex-governador tenha uma crise de se sentir injustiçado e comece a questionar, Por que só eu e o Fernando Henrique Cardoso não? Por que só eu e o Aécio não? Por que só eu e o Alckmin e o Serra em São Paulo não? Por que só eu e o Beto Richa não? Por que só eu e o ……………….. não? A lista é grande.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: