Olha a confusão na Câmara de Londrina, mais uma

O vereador Filipe Barros (PRB) pediu a suspensão da sessão para dar a palavra a um homem identificado como Acir Santiago, que, informou ao cerimonial da Casa, seria Engenheiro Especialista em Educação do Ministério da Educação.

O cara começou a falar, apresentou uns números no power point sobre verbas do MEC para a educação.

O vereador Rony Alves (PTB), incomodado, questionou de onde era o cara mesmo. Aí o tal de Acir negou que era do MEC e disse que era assessor do deputado Federal Takayama.

Foram conferir e descobriram que também não é do gabinete do deputado. O cidadão foi retirado do plenário. Disse ainda o cara que iria dar uma palestra hoje na faculdade Inesul.

Tá um rolo por lá, até a sessão foi suspensa.

5 thoughts on “Olha a confusão na Câmara de Londrina, mais uma

  • 31/08/2017, 17:08 em 17:08
    Permalink

    pior é que todos eles tiveram votos e estão la para ‘trabalhar’, P-I-A-D-A

    Resposta
  • 31/08/2017, 17:15 em 17:15
    Permalink

    A Câmara Municipal de Londrina tem um corpo técnico?
    Gente formada em curso superior como vereador e assessor?
    Não sabem fazer uma consulta do google sobre esta curva de rio?
    Londrina é curva de rio.
    Placa da entrada de Londrina nos anos 40 – Iguais a você temos mais 40 mil.

    Resposta
  • 31/08/2017, 21:07 em 21:07
    Permalink

    Essa Camara é uma piada,e ainda querem cassar o Petriv? parem com palhaçada “nobres edis “voces não diferem em nada com a camara Federal. (em termos de incompetência,é claro)

    Resposta
  • 31/08/2017, 21:35 em 21:35
    Permalink

    O vereador que ama processar feministas e seus amigos…

    Resposta
  • 01/09/2017, 23:43 em 23:43
    Permalink

    Como é que um “falso assessor” do Takayama conseguiu enganar “Vossas Excelências” e todo o corpo técnico da Câmara? E aquele vereador “processador” também foi enganado pelo “falso assessor” ou enganou os outros 18 vereadores da Câmara de caso pensado? QUE BAITA MICO, “Vossa Excelências” londrinenses. Rindo desse brilhante “trabalho” até o início da votação de alteração da planta de valores.

    Resposta

Deixe uma resposta para maria Cancelar resposta

%d blogueiros gostam disto: