Operação Azienda: GAECO cumpre mandados de busca e apreensão em esquema de fraudes fiscais

do H.Lucas

Na manhã desta quinta-feira (31/10), o Ministério Público do Paraná, por intermédio de agentes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado – GAECO, Núcleo de Foz do Iguaçu, com auxílio dos demais núcleos regionais do GAECO do Paraná, de agentes do GAECO de Bauru/SP e de auditores da Receita Estadual do Paraná, cumpre 20 mandados de busca e apreensão nas cidades de Medianeira, Londrina, Curitiba, Siqueira Campos, Sertanópolis, Ibiporã e Guaratuba, todas no Estado do Paraná, além da cidade de Taquarituba, no interior do Estado São Paulo, no bojo da Operação Azienda, voltada a coibir a prática de delitos fiscais.
A investigação, iniciada pela Promotoria de Justiça do GAECO/Foz do Iguaçu, no ano de 2016, busca desmantelar uma organização criminosa voltada à prática de fraudes em emissão de notas fiscais frias, por empresas de faixada e com sócios “laranjas”, com o intuito de lesar o fisco estadual, ao gerar créditos tributários fictícios, locupletando os membros do esquema criminoso.
Estima-se, em levantamento preliminar, que o esquema criminoso tenha causado um prejuízo aproximado de R$ 43.519.813,10 (quarenta e três milhões, quinhentos e dezenove mil, oitocentos e treze reais e dez centavos) aos cofres do Estado do Paraná.

Deixe uma resposta