Operação Café Brocado prende um em Londrina. Outro é considerado foragido

E a Operação Café Brocado (Leia aqui) começou em Minas e chegou ao Paraná. Em Londrina foi preso Edmundo Odebrecht Neto, sócio da empresa Café Odebrecht. 

Edmundo é um dos delatores da Operação Publicano. Outro sócio de Edmundo, Misael Lourdes Avelar Odebrecht, é considerado foragido.

Quem conhece muito o setor de comercialização de café, diz com segurança que uma olhada mais apurada em Londrina e região pode trazer bem mais informações do que foi apurado até agora pela Receita Estadual de Minas Gerais.

 

4 comentários em “Operação Café Brocado prende um em Londrina. Outro é considerado foragido

  • 21/06/2018, 11:17 em 11:17
    Permalink

    Uma vez Odebrechet sempre Odebrechet.

    Resposta
  • 21/06/2018, 17:08 em 17:08
    Permalink

    os caras ganham mais com a palha de milho que colocam para moer no cafe do que com sonegação…..vão se catar

    Resposta
  • 21/06/2018, 18:42 em 18:42
    Permalink

    Se foi novamente flagrado envolvido em crime de sonegação e fraude tributária tem que cassar na publicano os benefícios da delação premiado do sujeito e da empresa dele, por estes crimes, nõ acham??????

    Resposta
  • 22/06/2018, 11:17 em 11:17
    Permalink

    Ao ser preso por comentimento de crimes de fraude e sonegação tributária, o sujeito tem que perder os benefício da delação premiada na operação publcano, não acham????

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: