Orientação do Sindicato do Comércio Varejista é para que as lojas abram hoje e no sábado

Apesar da decisão da desembargadora Maria Aparecida Blanco de Lima, do Tribunal de Justiça cujo entendimento é de que apenas as atividades essenciais devem permanecer funcionando, o Sindicato do Comércio Varejista de Londrina orientou o comércio da cidade para que abra normalmente.

O advogado do Sincoval, Ed Nogueira avaliou o agravo de instrumento do Tribunal de Justiça que determinou os a suspensão dos efeitos de três dos decretos municipais. “Com a suspensão destes decretos municipais não  persistiram outros decretos que limitavam a atividade do comércio, nestes termos e com todas as cautelas previstas estamos orientando a que o comércio abra”, disse o advogado.

Conforme o Sincoval, as lojas devem abrir normalmente as lojas e das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, e das 9h às 13h aos sábados, a partir desta quinta-feira (30).

O procurador jurídico do município, João Esteves, em entrevista coletiva ontem, disse que: “A decisão judicial fala para aplicar decreto de atividades essenciais, que é presidencial. Portanto, vamos ter que tomar medidas para pedir ao judiciário e Ministério Público (MP) quem vai fazer a fiscalização, porque não foi o município que determinou o fechamento”, ressaltou.

2 thoughts on “Orientação do Sindicato do Comércio Varejista é para que as lojas abram hoje e no sábado

  • 30/04/2020, 12:02 em 12:02
    Permalink

    Quando explodirem os casos de Covid-19 em Londrina esse sindicato vai cuidar dos doentes? Vai providenciar respiradores para o HU? Vai erguer hospitais de campanha em cinco dias? Vai garantir o atendimento médico e hospitalar aos seus “colaboradores”, como se dirigem hipocritamente aos seus empregados, que forem contaminados atrás de um balcão? Como Bolsonaro, esses dirigentes devem responder: “E daí?”.

    Resposta
  • 30/04/2020, 13:07 em 13:07
    Permalink

    Cidade sem lei. Pelo jeito não temos prefeito nem vereadores, o MP está cochilando, um sindicato patronal se adonou da lei.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: