Os “Diários Secretos” podem ir para o arquivo morto?

Do Zé Beto

Para anotar e esperar. Na Assembleia Legislativa tem gente apostando alto que, apesar do esperneio da RPC e da Gazeta do Povo, lá na frente o caso dos “Diários Secretos” vai para o arquivo sem fazer os acusados pagarem. A questão não é se os escrachados sejam culpados ou não, mas a forma como o Ministério Público do Paraná agiu para conseguir as provas. Com base no que o Supremo Tribunal Federal está decidindo, como no caso daquela entrada da Polícia Federal na Câmara dos Deputados para recolher provas durante a Operação Catalinárias, sem ter pedido autorização ao STF, aqui a defesa dos envolvidos vai tentar anular tudo porque a tropa de choque do Gaeco fez o mesmo só com a ordem de um juiz auxiliar que estava de plantão. Nas firulas da lei, a ordem para entrar na sede de um dos poderes constituídos teria de partir de algum desembargador da turma especial do Tribunal de Justiça. Mesmo que os envolvidos sejam penalizados aqui, eles se livrariam lá em Brasília. É o que pensam os que acreditam nessa tese. A conferir.

Deixe uma resposta