PEC dos jornalistas

Hoje de manhã, dirigentes do Sindicato dos Jornalistas de Londrina conversaram com os deputados Luiz Carlos Hauly (PSDB) e Alex Canziani (PTB) e pediram a eles que votem favoravelmente à Proposta de Emenda Constitucional que determina a exigência de diploma para exercer a profissão de jornalista.

A PEC deve ser votada nos próximos dias.

Os dois se comprometeram com a causa.

Um comentário em “PEC dos jornalistas

  • 21/04/2015, 16:02 em 16:02
    Permalink

    Esses dois parlamentares da bancada dos empresários comandada pelo evangélico presidente da Câmara podem fazer uma média com os jornalistas. Mas para esses parlamentares os outros trabalhadores que se danem…

    Resposta
  • 22/04/2015, 08:58 em 08:58
    Permalink

    O Hauly já havia declarado seu apoio a esta PEC muito antes deste encontro.

    Resposta
  • 22/04/2015, 20:46 em 20:46
    Permalink

    Os dois inúteis deputados apoiam a PEC dos jornalistas e depois votam na PEC que terceiriza as redações dos jornais e outros órgãos de imprensa que não mais terão vagas para jornalistas!!!

    Resposta
  • 23/04/2015, 10:10 em 10:10
    Permalink

    Bélico, seu comentário é muito simplista e leviano, típico de quem é contra a terceirização por ideologia petista/cutista, mas que sequer conhece o conteúdo da nova lei. Informe-se, deixe de repetir argumentos terceirizados.

    Resposta
    • 23/04/2015, 20:40 em 20:40
      Permalink

      É óbvio que sou contra a terceirização por ideologia. Não sou patrão e sempre defendi os interesses de trabalhadores. Aliás, do ponto de vista capitalista a terceirização também não se sustenta. Ela garante (e aumenta) o lucro do capital mas reduz o mercado interno com a redução da oferta de empregos e dos salários. A médio prazo, a terceirização representa para os capitalistas um tiro no pé. Quem não deve conhecer o conteúdo da nova lei é o senhor e quem pode ter argumentos terceirizados é o também o senhor. A não ser que o senhor seja um rico empresário esperando explorar ainda mais seus empregados.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: