Petrobras Doce castigo

Do Ricardo Boechat

Um dos mega corruptos da Petrobras, Paulo Roberto Costa, ex-diretor de Abastecimento da estatal, já pode deixar o Brasil. Dono de dupla cidadania (também é português), o bandidaço, que se apropriou de R$ 70 milhões e ajudou a desviar outros R$ 300 milhões, recuperou o passaporte confiscado em 2014 pelo juiz Sergio Moro. Costa passou apenas seis meses na cadeia… Gente como ele agradece a Deus, todos os dias, não ter nascido na China.

https://istoe.com.br/contra-o-crime/

3 comentários em “Petrobras Doce castigo

  • 26/03/2018, 21:12 em 21:12
    Permalink

    Isso prova que essa merda de juiz tá mesmo disposto a acabar com a corrupção no Brasil ,como ele fez no caso Banestado.

    Resposta
  • 26/03/2018, 21:18 em 21:18
    Permalink

    … não ter nascido na China e ter feito um acordo de delação premiada mamão com açúcar com a equipe durona (com petistas!) da república de Curitiba.

    Resposta
  • 28/03/2018, 12:18 em 12:18
    Permalink

    E lembraram dos ladrões do dinheiro público de Londrina na Sercomtel e Ama Comurb?
    Aquele Antonio Casemiro Belinati também.

    Tem até familiares dos agora condenados depois de 18 anos, 20 anos no exercício da função pública.

    E o MP enganando todo mundo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: