PF acaba com grupo de trabalho da Lava Jato em Curitiba

Da Revista Época

O diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello (Foto: Charles Sholl/Futura Press)

A Polícia Federal resolveu pôr fim ao grupo de trabalho da Operação Lava Jato em Curitiba. A decisão, segundo três fontes com conhecimento direto do fato, foi comunicada informalmente aos quatro delegados que ainda restavam no chamado GT da operação – o jargão que a polícia usa para se referir a uma força-tarefa. Espera-se a formalização do desmanche no próximo boletim interno da Superintendência da PF no Paraná, que deverá sair na segunda-feira. Em Curitiba, atribui-se a decisão ao diretor-geral da PF, Leandro Daiello.

Os delegados e agentes voltarão a ser lotados na Delegacia de Repressão à Corrupção e Crimes Financeiros, a Delecor. Deixarão de se dedicar exclusivamente à Lava Jato, passando a dividir casos da operação com quaisquer outras investigações. Não há dúvida entre os investigadores de que a produção de provas em processos altamente relevantes – como os dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff, entre dezenas de outros – será severamente prejudicada. O mesmo vale para novas frentes de investigação sigilosas, envolvendo, entre outros, operadores e políticos do PMDB e do PSDB. Diante da escassez de recursos e pessoal, novas fases da operação podem nem sequer ser deflagradas, de acordo com procuradores da República e uma fonte no GT da polícia. “É uma asfixia”, diz um dos investigadores.

4 comentários em “PF acaba com grupo de trabalho da Lava Jato em Curitiba

  • 06/07/2017, 16:21 em 16:21
    Permalink

    Culpa do PT que não oferece mais matéria-prima para os delegados e o juiz da república de Curitiba. Como o insumo agora vem do PMDB e do PSDB, pra que manter a Lava Jato funcionando? Aposto que a turminha londrinense que badalava apoio à PF e à Lava Jato está comemorando.

    Resposta
  • 06/07/2017, 20:21 em 20:21
    Permalink

    De repente, aquela turma que vinha, nos tempos da Dilma, defender de forma tão apaixonada a PF e a Lava Jato sob a suposição de eram ameaçadas pelo governo petista agora desapareceram do blog. Interessante…

    Resposta
  • 07/07/2017, 13:59 em 13:59
    Permalink

    A perseguição seletiva aos petistas e a proteção aos GOLPISTAS, foi o maior pecado dessa turma. Ao invés de pegarem todo mundo, independendo de coloração partidária, pouparam e protegeram PSDB, Aécio, Temer e toda a “patota”. Usaram e abusaram da tortura prisional, com o fim único dos presos delatarem Lula, contra quem até hoje não encontraram uma única prova sequer. E nunca em nenhum governo o MP, a PF e todos os órgãos de investigação tiveram tanta autonomia e recursos, quanto nos governos do PT, justamente para investigarem todo mundo, sem poupar ninguém. Mas preferiram se aliar aos GOLPISTAS, seus algozes. “Dormiram com o inimigo”, e agora está aí o resultado. Dos 9 delegados que faziam investigações (e deveriam ter investigado todos) resta apenas 1, pois o Temer mandou remanejá-los todos. E o Moro e Dalagnol que poderiam ter feito um belo trabalho incriminando todos de todos os partidos, preferiram dormir sob os “holofotes” da mídia. Agora deu. Será que os “patos verdamarelos” vão pra rua fantasiados com as camisetas da CBF?A perseguição seletiva aos petistas e a proteção aos GOLPISTAS, foi o maior pecado dessa turma. Ao invés de pegarem todo mundo, independendo de coloração partidária, pouparam e protegeram PSDB, Aécio, Temer e toda a “patota”. Usaram e abusaram da tortura prisional, com o fim único dos presos delatarem Lula, contra quem até hoje não encontraram uma única prova sequer. E nunca em nenhum governo o MP, a PF e todos os órgãos de investigação tiveram tanta autonomia e recursos, quanto nos governos do PT, justamente para investigarem todo mundo, sem poupar ninguém. Mas preferiram se aliar aos GOLPISTAS, seus algozes. “Dormiram com o inimigo”, e agora está aí o resultado. Dos 9 delegados que faziam investigações (e deveriam ter investigado todos) resta apenas 1, pois o Temer mandou remanejá-los todos. E o Moro e Dalagnol que poderiam ter feito um belo trabalho incriminando todos de todos os partidos, preferiram dormir sob os “holofotes” da mídia. Agora deu. Será que os “patos verdamarelos” vão pra rua fantasiados com as camisetas da CBF?

    Resposta
  • 07/07/2017, 17:59 em 17:59
    Permalink

    Esses debiloides de Curitiba se ferraram,achavam que iam ser a “MÃOS LIMPAS ll” e nem sabiam que a mãos limpas italiana era investigação do Banco do Vaticano,a maçonaria e a mafia que era a parte das duas coisas ou a mesma.
    Ai o Moro”fogueteiro” resolveu se vingar do Lula,molhava a zorba quando nada encontrava e como não encontrou resolveu arrolar pedalinhos,alugueis,papeis de pedágios e até Voiur do Lula espiando pelo buraco da fechadura suas trepadas.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: