PF realiza 39ª fase da Lava Jato e prende ex-gerente da Petrobras

Da Folha de São Paulo

A Polícia Federal deflagrou nesta terça (28) a 39ª fase da Operação Lava Jato e prendeu preventivamente um ex-gerente da Petrobras, Roberto Gonçalves, suspeito de receber cerca de US$ 5 milhões de propina em contas no exterior.

Gonçalves foi detido pouco antes das 10 h em Boa Vista (RR). Ele era procurado no Rio de Janeiro, onde ocorreram as ações de busca e apreensão.

Segundo a PF, ele visitava familiares na capital de Roraima e não há indícios de que estivesse tentando escapar de um pedido de prisão.

Em entrevista coletiva, os investigadores afirmam que havia um “direito adquirido à propina” na Petrobras: Gonçalves teria herdado os acordos de pagamento de propina com Pedro Barusco, a quem sucedeu no cargo de gerente na diretoria de Serviços da estatal, entre março de 2011 e maio de 2012.

“A corrupção é intergeracional; passa de geração em geração. Na sucessão do cargo, também se passou o bastão da propina”, disse o procurador da República Roberson Pozzobon.

3 thoughts on “PF realiza 39ª fase da Lava Jato e prende ex-gerente da Petrobras

  • 28/03/2017, 13:46 em 13:46
    Permalink

    E quanto vão render (deve ser muito, não?) as vendas promovidas pelos tucanos na Petrobras de nossas reservas petrolíferas e dos ativos da empresa, inclusive, SEM licitação, sem leilão pra ver quem paga mais? Aposto que, no futuro, teremos um petrolão infinitamente maior do que o de hoje.

    Resposta
    • 28/03/2017, 14:19 em 14:19
      Permalink

      Se é que vao deixar investigar, assim como o projeto Sivan e a Pasta Cor de Rosa.

      Resposta
  • 28/03/2017, 17:31 em 17:31
    Permalink

    Quem mandou prender esse gerente: foi mesmo o Moro ou o presidente do Citibank? Depois que o governo Temer/PSDB terceirizou o Brasil pro Citi, não dá mesmo pra saber quem está mandando no país.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: