Plano secreto, a revelação

Ouvido na coletiva do candidato a presidente da FPF, Ricardo Gomyde, um olheiro dos times amadores de Curitiba ficou abismado em dois momentos. No primeiro foi quando Mario Petraglia afirmar que está na hora de livrar-se da “gentalha” da FPF: “Estamos a 30 anos como reboque desta gentalha” – disse Petraglia. E depois com o Gomyde falando de trazer novamente as ligas de Londrina, Foz e Paranaguá, além de apoiar as ligas amadoras de Curitiba, em claro ato falho, já que os times amadores de Curitiba são filiados individualmente à FPF e cada um possui um voto na eleição da federação. O plano de Petraglia sempre foi criar uma liga amadora em Curitiba e aí fazer valer um só voto a todos nas eleições da Federação, e não como hoje, em que todos os times amadores votam. Não se sabe se gentalha doeu mais que a fundação da liga de Curitiba nos ouvidos do dirigente amador.

Deixe uma resposta