Polícia Civil prende dois guardas municipais em Londrina. Suspeita de assassinato

do G’1 Paraná – Por Alberto D’Angele

Dois guardas municipais foram presos em Londrina, no norte do Paraná, na manhã de hoje suspeitos de envolvimento em um assassinato.

A Polícia Civil investiga a morte de um adolescente de 16 anos. O garoto foi morto com um disparo de arma de fogo na noite de 2 de outubro, no bairro Jardim Bandeirantes.

De acordo com as investigações da Delegacia de Homicídios de Londrina, os guardas municipais não relataram os fatos como ocorreram e são suspeitos.

Ainda nesta manhã, a Polícia Civil vai passar mais detalhes sobre a investigação.

O relato dos guardas
Eles haviam dito, segundo a Polícia Civil, que a equipe da Guarda Municipal fazia uma patrulha quando ouviu o barulho de uma motocicleta acelerando e buzinando.

Ao se aproximarem, disseram ter visto uma pessoa na motocicleta e outra saindo de uma mata. Então, conforme os guardas, houve um disparo de arma de fogo, e a motocicleta saiu em alta velocidade.

Testemunhas
As investigações apontaram que, na verdade, o adolescente praticava ato infracional equiparado ao tráfico de drogas, de acordo com a Polícia Civil, e que um dos guardas municipais disparou contra o garoto ao tentar apreendê-lo. O tiro acertou as costas do adolescente.

Segundo a Polícia Civil, uma testemunha confirmou a versão apresentada pelos guardas municipais, enquanto outras afirmaram que o relato deles não era verdadeiro.

A Polícia Civil investiga a participação de um terceiro guarda municipal no caso.

3 comentários em “Polícia Civil prende dois guardas municipais em Londrina. Suspeita de assassinato

  • 05/11/2019, 10:56 em 10:56
    Permalink

    Será que Londrina vai ter mais indenização pra pagar por crime cometido por guardas municipais? E há quem diga que os guardas municipais, para enfrentar a bandidagem, precisariam portar fuzis. Depois das pistolas só faltam os fuzis mesmo…

    Resposta
  • 05/11/2019, 11:34 em 11:34
    Permalink

    A partir de agora, guarda municipal vai de pistola na cintura e palm top (o moderno talão de multas) nas mãos para tascar multas de trânsito nos motoristas londrinenses. E cuidado: motorista multado melhor não discutir…

    Resposta
  • 06/11/2019, 09:11 em 09:11
    Permalink

    Sou um cidadão respeitador das leis…..nunca dei motivos para ser abordado, nunca infringi leis, nem mesmo as de transito e por isso nunca fui abordado por GM’ ou PM’s.
    Aqueles que gostam de infringir leis ou são favoráveis a desobediência civil esses sim estão preocupados. A lei é para todos tanto que os infratores, no caso os GM’s, estão presos e vão responder criminalmente e se forem culpados vão cumprir pena pelos crimes cometidos, tal qual o Lula esta cumprindo.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: