Política e o balaio de mágoas

Campanhas eleitorais têm o poder de produzir alegrias para poucos e mágoas para muitos.

ki

O comentário acima, de Cristina Batistuti Stephanes, feita num post do pré-candidato do PMN à prefeitura de Londrina, Luciano Odebrecht, mostra um pouco dos resquícios da última eleição em que o marido dela, Reinhold Stephanes foi candidato a deputado federal pelo PSD.

Ela deixa claro que, em sua avaliação, não houve empenho do prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, para ajudar a eleger Stephanes.

 

6 comentários em “Política e o balaio de mágoas

  • 12/02/2016, 11:49 em 11:49
    Permalink

    E ela trabalha aonde mesmo?

    Resposta
  • 12/02/2016, 12:02 em 12:02
    Permalink

    Esse Luciano falou pouco mais falou tudo. Parabéns!

    Resposta
  • 12/02/2016, 17:11 em 17:11
    Permalink

    Filho de Stefanes trabalha na sub da COPEL ao lado do Papito – http://www.elejor.com.br/governanca/equipe/

    Copel Participações S.A.

    Diretor Presidente – Reinhold Stephanes

    REINHOLD STEPHANES JUNIOR – Diretor Presidente

    Graduado em Economia – UFPR. Especialista em Cultura,Leis e Democracia – Instituto Friderich Malman/Alemanha. MBA em Administração – UFRJ.Pós graduado em Mercado Global pela Harvard University /EUA.

    Resposta
  • 12/02/2016, 17:26 em 17:26
    Permalink

    O ministro Reinhold Stephanes usou sua cota parlamentar para transportar várias pessoas pela Gol. A mulher, Cristina Angélica Batistuti Stephanes, diretora de Operações da Agência de Fomento do Paraná, voou em 11 de maio e em 29 de junho de 2007, de Curitiba para Londrina.

    Em 23 de julho daquele ano, foi emitida uma passagem para Cristina de Brasília a Guarulhos.

    A filha do ministro Mylene Stephanes, gerente de Atendimento do Hospital Cardiotrauma de Ipanema, no Rio de Janeiro, viajou com a cota do pai. Um bilhete foi emitido em 28 de junho de 2006, do Rio para Curitiba. E 23 de julho, de Curitiba a Guarulhos.

    Um assessor de Stephanes no Ministério da Agricultura, Plínio Rosa Filho, também voou com a cota parlamentar do deputado licenciado. Ele fez a rota Brasília–Curitiba em 15 de junho de 2007 e em 20 de setembro daquele ano. Os voos foram de ida e volta.

    http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/ministros-deputados-usam-passagens-da-camara/

    Resposta
  • 13/02/2016, 13:49 em 13:49
    Permalink

    Step pai, Step filho.
    Bob Pai, Bob Filho.
    E agora o povo não votou e deu aposentadoria precoce aos dois?
    Triste fim da boquinha.

    Resposta
  • 14/02/2016, 03:14 em 03:14
    Permalink

    Certo, esse traíra do Kiref fez o mesmo no PMDB e agora PSD. Oportunista de plantão. Vale lembrar que o maninho dele foi presidente da Sercomtel no governo piada do Barbosinha Neto. Ai Londrina …. Fraco prefeito e equipe apoiada pelo Turini e Canziani. Né matos da obra, Stam e esse pia da Sercomtel. eu m pra Lda.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: