Prefeitura de Cambé exonera servidor acusado de “espionar e gravar vestiário feminino”

E por falar na nossa paróquia, que tanto espanto causa dia sim e outro também, em Cambé, colado a Londrina  – ou seria vice-versa? – o prefeito Conrado Scheller exonerou um servidor público que instalou câmera de video no vestiário feminino de uma Unidade de Saúde para gravar as servidoras na troca de turno, e de roupas.

Um outro envolvido pode ser também exonerado dentro de alguns dias. Ambos responderão ainda processos criminais.

“Não dá entender como uma pessoa toma esse tipo de atitude criminosa, para satisfazer a sua lascívia. Não podemos e não vamos permitir esse tipo de atitude aqui”, disse o prefeito.

Deixe uma resposta