Prefeitura de Londrina quer executar Cohab por atraso em IPTU de terrenos cedidos à igrejas

A Secretaria da Fazenda de  Londrina  está brigando  com a Cohab de Londrina por uma dívida  de aproximadamente R $ 4 milhões. É o que a Cohab estaria devendo  de IPTU  de alguns de seus terrenos.
E é aí que mora a encrenca. Esses terrenos estão  cedidos  para diversas igrejas católicas e evangélicas, através  de contratos de permissão  de uso por prazo determinado – a cada 60 meses esses contratos precisam ser renovados.
Ocorre que as igrejas não querem pagar o IPTU  alegando que são  isentas. Por outro lado a Prefeitura alega que só não  pode cobrar IPTU  dos terrenos da Cohab se ela própria estiver usando.
A Cohab vem conversando com a Curia Metropolitana para buscar uma solução  para o caso das igrejas católicas, porém está  com dificuldades de negociar com  as igrejas evangélicas. Por serem várias  denominações talvez seja necessário  discutir caso a caso.

One thought on “Prefeitura de Londrina quer executar Cohab por atraso em IPTU de terrenos cedidos à igrejas

  • 09/05/2015, 22:16 em 22:16
    Permalink

    Será que a Prefeitura fala grosso assim também com todos os bacanas que não pagam IPTU? Com relação à Cohab, a solução é simples. Não é o prefeito que nomeia o presidente da Cohab? Ora! Basta mandar seu subalterno pegar de volta esses terrenos cedidos para igrejas. Aliás, terreno público não deveria nunca estar ocupado por qualquer igreja. Poderia ser campinho de futebol, praça, reserva florestal, tudo menos igreja.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: