Primo mais querido de Richa foi transferido para o Corpo de Bombeiros

E o diretor da Penitenciária Estadual de Londrina (PEL 2) Emerson Chagas foi chamado ao GAECO pra explicar porque o primo mais querido do governador Beto Richa, Luiz Abi, preso na segunda-feira sob suspeita de participar de um esquema para fraudar a prestação de serviços ao Governo, foi transferido para uma sala no quartel do Corpo de Bombeiros.

Ocorre que apenas advogados – até eu questiono essa moleza – tem direito a sala especial no Quartel.

Chagas foi ouvido pelos promotores Claudio Esteves e Jorge Barreto. Ao sair do GAECO ele se recusou a falar com a imprensa.

Deixe uma resposta