Prisão de irmão da ex-vice-governadora dá indigestão a outros citados na Quadro Negro

do Hélio Lucas

Depois da condenação do irmão da ex governadora Cida Borghetti, Juliano Borghetti, e do dono da falida construtora Valor, Eduardo Lopes Souza, enrolado até as tampas na Operação Quadro Negro de combate a fraudes na Educação, quem ficou amedrontado pelo andar da carruagem foram os delatados pelo empreiteiro e que ainda repousam suas cadeiras no Centro Cívico.
Teve deputado estadual como Plauto Miró, ex 1o secretário da ALEP, balbuciando seu currículo (‘sou sete vezes eleito’) e tentando em home office limpar sua cara atacando até o governador Ratinho Jr e dizendo que ainda sabe muito, que pensa em desejar uma CPI contra Ratinho Junior na contratação da TV Educação em Casa, avisando assim que não cairá sozinho na Operação Quadro Negro. É o mesmo que desde 2019 dizem que prepara sua delação premiada caso o MP peça sua prisão, como fez com Beto Richa e entrou em depressão pelas notícias de que cabeças iriam rolar na Assembleia e Tribunal de Contas do Paraná. (leia mais)

One thought on “Prisão de irmão da ex-vice-governadora dá indigestão a outros citados na Quadro Negro

  • 08/06/2020, 13:29 em 13:29
    Permalink

    Tribunal de Contas estaria envolvido no escândalo?
    Plauto vai entregar?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: