Professores da UEL aprovam greve, de novo

Foto: Aurelio Albano
Foto: Aurelio Albano

Em Assembleia realizada na manhã de hoje, os professores da Universidade Estadual de Londrina (UEL) deliberaram por greve nos dias 17, 18 e 19 de outubro. Uma assembleia na próxima segunda-feira (17) dará início à mobilização na UEL, e outra na quinta-feira (20) vai avaliar pela continuidade ou não do movimento.

Mais de 280 docentes assinaram a lista de presença, sendo que no momento da votação, que só ocorreu após longo debate, 115 deliberaram por greve por três dias e outros 81 por greve por tempo indeterminado, sendo vencedora a primeira proposta.

Ainda devem ser realizadas no dia de hoje (11) assembleias na UNESPAR- Apucarana, as 17h30, e na UENP, as 19h30, quando os docentes dessas unidades de ensino devem apreciar e deliberar sobre a mesma pauta.

Da Assessoria

4 comentários em “Professores da UEL aprovam greve, de novo

  • 11/10/2016, 18:36 em 18:36
    Permalink

    Aqui vai um conselho ao Governador “Carlos Alberto Richa”.
    Aluga esta merda de universidade para a Kloton que fica mais barato que sustentar esses sangues sugas do dinheiro publico. São servidores ineficientes e gulosos em dinheiros. Querem mais e mais. Para os “barnabés” dinheiro cai do céu. Aonde estão os professores de economia da UEL para dizerem aos seus nada nobre pares que as arrecadações em impostos caíram, que a economia esta em recessão,que o consumo esta retraído, que esta havendo uma recessão e inflação muito alta. É o famoso “foda-se” ao povo paranaense. Trabalhar que é bom, nada

    Resposta
  • 11/10/2016, 20:04 em 20:04
    Permalink

    Esses professores da UEL deveriam sentir-se envergonhados,basta ver seus salários no Portal da Transparência,monte de gente ganancioso que não enxerga a pindaíba que tá o país e a quantidade de gente desempregada se virando pra botar comida pra dentro de casa. Sou da opinião que se a pessoa acha que ganha pouco pelo que faz,não tá contente com seu serviço ou com sua profissão que desocupe a moita e vá procurar o que fazer,a iniciativa privada também admite professores ,vão tentar a sorte por lá e larguem a “teta” do governo.

    Resposta
  • 12/10/2016, 10:43 em 10:43
    Permalink

    Um absurdo. Veja o salário altíssimo deles no site : transparencia parana. Uma vergonha nesse momento de crise. Vejam quanto ganha o diretor da rádio da UEL e o custo dela. Mais que o prefeito de Londrina.

    Resposta
  • 13/10/2016, 19:25 em 19:25
    Permalink

    Meus JESUS são todos salários superior R$ 10 mil reais e alguns chegam até R$ 33 mil reais. Gente isso não pode. Uma vergonha. Temos que tomar providências.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: