Projeto de Marcelo Belinati é rejeitado na Comissão de Minas e Energia

Enquanto a Câmara Municipal de Londrina analisa o projeto da vereadora Lenir Assis (PT) para não conceder licença municipal para empresas que explorem gás por fracking, a Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados rejeitou o projeto de lei 4118/15 de autoria do deputado Marcelo Belinati (PP) que proibiria a utilização da exploração de gás pelo método de fracking no Brasil. O projeto foi apensado a outro de Sarney Filho (PV – MA) e que propunha uma moratória de 5 anos para a exploração de gás em terra pelo método conhecido como faturamento hidráulico (fracking) e que também foi rejeitado.

12 thoughts on “Projeto de Marcelo Belinati é rejeitado na Comissão de Minas e Energia

  • 13/07/2016, 11:09 em 11:09
    Permalink

    Infelizmente o poder financeiro fala mais alto que a saúde das pessoas. O projeto era bom.

    Resposta
  • 13/07/2016, 11:17 em 11:17
    Permalink

    Então…projeto rejeitado.

    Resposta
  • 13/07/2016, 11:22 em 11:22
    Permalink

    fraturamento e não faturamento

    Resposta
  • 13/07/2016, 12:26 em 12:26
    Permalink

    Claudia boa tarde, comente dos 80 milhões que o Barbosa deixou na prefeitura, e agora virou sorvete!?

    Resposta
  • 13/07/2016, 12:27 em 12:27
    Permalink

    Desculpe, Claudio! Kk

    Resposta
  • 13/07/2016, 16:43 em 16:43
    Permalink

    ÓÒÒ coitado, não é fácil essa vida de deputado do baixo clero.

    Resposta
  • 13/07/2016, 18:44 em 18:44
    Permalink

    O Belinati escuta alguma coisa nos 5 conjuntos e destrava as arruelas da cabeça e ai ele acha que pode ser um projeto.Esses deputados ‘ser ou não ser” é coisa feia,mas adorava ele como repórter no seu face narrando o Impeachment da Dilma.

    Resposta
  • 13/07/2016, 18:45 em 18:45
    Permalink

    O poderio econômico se sobrepôs ao interesse da saúde das pessoas, infelizmente.

    Resposta
  • 13/07/2016, 21:07 em 21:07
    Permalink

    O deputado Rodrigo de Castro (PSDB) levou o projeto (de 2013) do Sarney Filho à lona. Com o projeto de lei do Sarney, nocauteado também foi o PL do Marcelo Belinati. O deputado – eleitor do Cunha – achou que ia ser fácil. Não passou da comissão. O deputado Marcelo Belinati faz parte do grupo denominado Baixo Clero. São deputados inexpressivos e sem poder de fogo. Só levam vantagem quando se unem e chantageiam quem está no Executivo. Como fizeram no golpe contra a Dilma. Para o Marcelo Belinati ter alguma chance de levar seu projeto ao plenário, teria que ralar muito, botar seus inúmeros assessores pra trabalhar e discutir (discutir muito) com a sociedade a sua proposta. Propostas isoladas e personalistas de parlamentares do Baixo Clero têm destino certo: gaveta ou rejeição nas comissões que as analisam. O deputado é novo e tem muito ainda a aprender naquela casa onde impera a malandragem política.

    Resposta
  • 13/07/2016, 22:58 em 22:58
    Permalink

    O fracking, de acordo com estudos de que entende do assunto, compromete o lençol freático e vai ser um forte poluidor. O poder econômico vencendo o bom senso.

    Resposta
  • 14/07/2016, 15:57 em 15:57
    Permalink

    Eeee paçoca não perde uma para poder tentar atacar o nosso futuro prefeito . O nosso deputado federal foi o único da região que destinou 100% de suas emendas na área da saúde para londrina e região . Marcelo Belinati , essa turma quer mostrar que você é do mal , não trabalha , não apresenta bons projetos mais Deus está contigo.

    Resposta
    • 14/07/2016, 21:00 em 21:00
      Permalink

      Me perdoe a heresia, doutor, mas se o projeto era tão bom para os filhos de Deus, por que ele não tocou o coração do deputado Rodrigo de Castro que fez o relato que fuzilou os dois projetos de lei: do Sarney Filho e do Marcelo Belinati? RSRSRSRS

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: