Propina nas costas do ex-presidente da Câmara de Maringá

O ex-presidente da Câmara de Maringá, John Alves, além de Edith Dias, 1ª secretária da Mesa Executiva e dois ex-servidores  e um empresário são acusados de envolvimento na contratação irregular de uma empresa para reforma do sistema de ar condicionado do Legislativo. Na semana passada, o Ministério Público do Paraná, através do Gaeco ofereceu a denúncia. De acordo com investigações do Gaeco, os dois assessores e o ex-presidente teriam recebido R$ 17 mil de propina para agilizar a contratação da empresa. O serviço também teria ocorrido sem contratação.

Informações do Diário de Maringá

One thought on “Propina nas costas do ex-presidente da Câmara de Maringá

  • 25/07/2016, 16:31 em 16:31
    Permalink

    Uma homenagem ao Ministério Público de Maringá que DEMOROU 12 anos para fazer a denúncia mencionada.
    Ao Ministério Público de Londrina que deixou PRESCREVER as ações de Antônio Belinati no caso AMA COMURB, uma justa lembrança.
    Trabalho demais para os Promotores e Procuradores.
    É isso, só deve ser isso.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: