PSOL decide se irá apoiar algum candidato no segundo turno em Curitiba

Se em Londrina o PSOL já definiu por ser oposição ao prefeito eleito, em Curitiba o Partido Socialismo e Liberdade realizará uma plenária municipal neste sábado, às 15h30, na sede do partido (R. Voluntários da Pátria, 475, 13º andar – Ed. Asa – Praça Osório), para decidir se apoiará Ney Leprevost (PSD) ou Rafael Greca (PMN) no segundo turno da eleição na capital.

Também serão debatidos o calendário de atividades para o próximo período, a reorganização das instâncias de base (núcleos) do partido, as ocupações de escola e a luta contra a MP do Ensino Médio e a PEC 241/16.

Em 2016, o PSOL disputou as eleições em Curitiba formando a Frente de Esquerda com o PCB, o Raiz, a Esquerda Marxista e o #MAIS. Para a Prefeitura, alcançou 1,15% dos votos; para a Câmara Municipal, fez 2,46%, ficando a apenas 0,17% de eleger seu primeiro vereador na capital.

Deixe uma resposta