Quem quiser que abra. Mas…

Do Boca Santa

Em Campina da Lagoa, o prefeito Milton Luiz Alves decretou ponto facultativo no comércio desde segunda-feira, mas no primeiro dia a maioria das lojas não abriu. E olha que era um pedido em massa dos comerciantes. Detalhe: no decreto da “liberação”, Alves anexou vários artigos do Código Penal, com as penas previstas para casos envolvendo epidemias, doenças contagiosas e quarentenas. Hummmm…

One thought on “Quem quiser que abra. Mas…

  • 31/03/2020, 17:39 em 17:39
    Permalink

    É bom o Capitão Corona não aparecer lá na Campina da Lagoa. Corre o risco de pegar, pelo menos, dez anos de cana. Quá! Quá! Quá!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: