Ratinho Jr oferece 5,09% de reposição, parcelado, e UEL entra em Greve

ANP – PR

E começa hoje o primeiro teste de enfrentamento do governador Ratinho Jr com o funcionalismo, em especial servidores das universidades estaduais.

Agora há pouco professores e funcionários da Universidade Estadual de Londrina iniciaram a greve prometida. Querem que o governo reajuste os salários em 17%, já que, segundo eles, há três anos não recebem o reajuste nem da inflação.

Pois bem. O governo Ratinho Jr diz que não consegue fazer mágica, que a economia não está respondendo, e que não tem caixa para o reajuste deste porte.

Hoje o governador anunciou a proposta de reajuste “5,09% aos servidores, mas parcelado”.

A proposta prevê o pagamento do reajuste em etapas, sendo 0,5% a partir de outubro deste ano; 1,5% a partir de março de 2020; 1,5% a partir de janeiro de 2021 e 1,5% a partir de janeiro de 2022. Estas duas últimas parcelas ficam condicionadas ao crescimento mínimo de 6,5% e 7%, respectivamente, da receita corrente líquida em relação ao ano anterior.

Óbvio que a galera ficou brava.

O governador justifica que está cortando privilégios e gastos supérfluos, mas, mesmo assim, não há caixa para atender a reivindicação dos servidores.

Ao anunciar a proposta, Ratinho Jr disse que, sem dar qualquer aumento, a folha de pagamento cresce 2,3% ao ano apenas com as promoções e progressões salariais.

Disse também que este ano estão contratando 400 profissionais para a Saúde, 2560 policiais militares, 50 delegados de política, 400 policiais civis, 96 peritos criminais e vários outros servidores.

 

12 comentários em “Ratinho Jr oferece 5,09% de reposição, parcelado, e UEL entra em Greve

  • 03/07/2019, 14:36 em 14:36
    Permalink

    Governador, os servidores ainda não estão morrendo de fome, mesmo apos os quase oito anos de seu amigo Beto Lixo, para ouvir essa proposta indecente. Acreditamos que o Senhor ia cumprir as suas promessas de campanha mas estamos vendo que depois de eleito nao vai honrar os seus compromissos. Que decepção Governador! Os servidores exigem RESPEITO!!!!

    Resposta
  • 03/07/2019, 15:57 em 15:57
    Permalink

    Estabilidade é o câncer do Brasil.

    Resposta
    • 03/07/2019, 16:49 em 16:49
      Permalink

      Acredito que a estabilidade a que se refere, na verdade seja a do Legislativo e do Judiciário…….no Executivo sequer se cumpre o direito constitucional da reposição salarial, o que dirá o direito a estabilidade do emprego.

      Resposta
    • 05/07/2019, 11:35 em 11:35
      Permalink

      a cura seria ser comissionado ou fazer arminha com mão.

      Resposta
  • 03/07/2019, 16:09 em 16:09
    Permalink

    Conheci um Governador que também deixou de cumprir a lei da reposição salarial para investir em obras de amigos empreiteiros……hoje espera a hora de cumprir pena de tão encarqueirado que tá. Como se chama mesmo quem deixa de cumprir a lei? Aquele que anda a margem da lei, que escolhe qual lei vai cumprir…..

    Resposta
  • 03/07/2019, 16:18 em 16:18
    Permalink

    O Governador Rato Junior, desrespeita a todos os paranaenses, não só os servidores públicos, seria melhor não ter feita esta proposta indecente, agora todas as categorias deveriam aderir a greve, pois os servidores estão com os salários congelados há mais de três anos, claro que ele não estava preparado para comandar o Estado.Cada vez fica mais evidente a sua inexperiência, falta de sensibilidade e incompetência.Desta maneira ele prejudica a toda sociedade, é mais um cueca de seda. sem conteúdo.

    Resposta
  • 03/07/2019, 17:01 em 17:01
    Permalink

    De novo essa professorada com xororo atrás de dinheiro ??? Excelente momento pro Governador já ir pensando na privatização dessas universidades. Eita povinho que gosta de ser bucha de canhão De sindicato

    Resposta
    • 05/07/2019, 11:36 em 11:36
      Permalink

      imbecil detectado!!!!

      Resposta
  • 03/07/2019, 17:53 em 17:53
    Permalink

    Pra meio entendedor, uma sílaba basta. Interessante a equação do filho do Ratinho (um dos poucos que já está ganhando seu milhão defendendo a “reforma da previdência” que vai sacrificar civis trabalhadores): pra saúde o Rat Jr. pretender contratar 400 profissionais. E pra segurança? 2560 pms, 50 delegados e 400 policiais civis. Se alguém for fazer escarcéu em algum posto de saúde, vai ter bastante gente pra prendê-lo e enquadrá-lo. Neste caso, não dá pra rir…

    Resposta
  • 04/07/2019, 07:42 em 07:42
    Permalink

    Coitado do Estado do Paraná. Quem em outrora teve grande governadores, como Ney Braga, Paulo Pimentel, Jayme Canet Junior, etc, etc, agora deparamos com Ratinho Junior, que triste para a história política do Paraná.Imagina a foto desse cidadão junto com a de Beto Richa, na galeria de ex governadores do Estado no Palácio Iguaçu. O nosso Estado não merecia tais figuras como mandatário do executivo.

    Resposta
    • 04/07/2019, 10:52 em 10:52
      Permalink

      Ney Braga? Governador biônico, a serviço da ditadura militar! Paulo Pimentel? Governador que pagava salários tão miseráveis aos professores que os obrigaram a fazer uma greve e enfrentar a própria repressão ditatorial da época. Jayme Canet Junior? Governo tão amaldiçoado que toda vez que passo num dos mais caros pedágios do Brasil me lembro dele! Todos eles estão na minha conta…

      Resposta
  • 04/07/2019, 20:16 em 20:16
    Permalink

    Este satanás que subscreve precisa pesquisar e escrever com conhecimento, Ney Braga foi governador por duas vezes, uma dela eleito pelo povo. No governo de Paulo Pimentel, também eleito pelo povo, jamais houve greve de professores. No governo de Jayme Caneta Júnior, não havia pedágio e sim no governo de Jayme Lerner. Vai estudar e depois escreve satanás.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: