Rede quer afastamento de Cunha

Ontem, a Rede de Sustentabilidade protocolou uma ação pedindo o afastamento imediato do presidente da Câmara de Deputados, Eduardo Cunha. O argumento utilizado é que Cunha, por ser réu, em um processo do Superior Tribunal Federal (STF), não pode estar na linha que sucede a Presidência da República. Se Michel Temer assumir a cadeira da presidente Dilma Rousseff (PT), na próxima semana, Cunha se tornaria o primeiro da linha sucessória.

Deixe uma resposta