Reino Unido acelera vacinação

O Reino Unido iniciou nesta segunda-feira a vacinação contra a Covid-19 com o imunizante desenvolvido pela parceria entre a Universidade de Oxford e a farmacêutica AstraZeneca. O primeiro a receber a dose foi Brian Pinker, de 82 anos.

O país já utiliza, desde o início de dezembro, o fármaco da Pfizer. No Brasil, a Fiocruz planeja importar 2 milhões de unidades da vacina de Oxford do Instituto Serum, da Índia. A Anvisa já aprovou o pedido de importação como apurou o Radar Econômico , a medida faz parte da estratégia da fundação para começar a vacinação no país ainda em janeiro.

One thought on “Reino Unido acelera vacinação

  • 04/01/2021, 19:48 em 19:48
    Permalink

    E no Reino Desunido (pela ação contínua e incansável de seu “líder”), se dependesse só de seu presidente, nem haveria vacinação. Como o amigão dos milicianos garante que o melhor imunizante para a covid é o próprio coronavírus, então não haveria necessidade de vacina; bastaria que todos ficassem contaminados. Nesse caso, morreriam uns 6 milhões de brasileiros. Mas, como diz o chefe do gado, todos vão morrer mesmo…

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: