Relaxamento no combate ao coronavirus provoca aumento de contaminação e mortes

Há nove meses os primeiros casos de Covid-19 foram confirmados no Paraná. Sábado foi a data que fechou este período dos primeiros registros no Estado, quando foram divulgados seis casos.

Os casos cresceram gradativamente e o pico teria ocorrido supostamente em agosto, com estabilidade dos casos nos meses que se seguiram. Entretanto, o relaxamente de medidas de prevenção, como o isolamento social, resultou em uma curva ascendente e preocupante. Somente em novembro e nos 11 primeiros dias de dezembro – até esta sexta-feira (11) – o número de casos é maior do que o acumulado nos primeiros cinco meses da pandemia no Estado.

Foram 98.329 diagnósticos em 41 dias, quase um terço do total (30,7%) de todo o período, que somou 320.088 diagnósticos positivos até a sexta-feira (11). Neste mesmo recorte, em relação aos óbitos, ocorreram 1.169, representando pouco mais de um sexto (17,7%) do total de 6.575 .

*Com AEN 

Deixe uma resposta