Samu pela hora da morte

E lá no Samu de Londrina a coisa anda pela hora da morte.  Segundo um servidor, há quase dois meses o ar-condicionado está pifado. O prédio quase não tem janelas. Alguns servidores levam ventilador de casa.
Faltam itens de higiene, as cadeiras estão longe do ideal para o uso de quem passa horas e horas sentado. Até os headsets – aqueles fones de ouvido para conversar ao telefone, tem gente levando de casa.
Pior né, é um trabalho essencial pra cidade e pra região. Tem que ser olhado com mais atenção pela prefeitura.

Um comentário em “Samu pela hora da morte

  • 23/10/2017, 17:04 em 17:04
    Permalink

    Confirmo totalmente a informação , pois conheço a estrutura e é uma vergonha para a cidade .
    Os funcionários são super dedicados e profissionais , agora a começar pelo incompetente Secretário da Saúde juntamente com o Prefeito que teria obrigação de tratar com responsabilidade este segmento pois é oriunda deste atendimento , considerando que tem o atual Ministro da Saúde pelo menos por enquanto do mesmo partido politico é inadmissível o descaso com a saúde de nossa cidade . Aliás parece que a cidade esta a deriva pois estamos nos aproximando de quase um ano de administração e NADA FOI FEITO ATÉ A AGORA , anão ser o complô para cassar um vereador que realmente era muito atrevido e mal educado , mas colocaram no seu lugar um que que alem de ser falso é incompetente , desonesto e de fácil negociação , pois não tem moral e nem caráter .

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: