Saque aniversário do FGTS vai passar por mudanças

O bom senso parece ter prevalecido entre políticos e governo. Hoje o Ministro do Trabalho, Luiz Marinho, anunciou que o governo vai mandar para o Congresso um projeto tratando do assunto. Antes contra, ele “flexibilizou” e agora o saque-aniversário do FGTS vai ser mantido, mas  com a garantia de que os trabalhadores que aderirem ao saque antecipado, terão o direito ao valor total do saldo em caso de demissão por justa causa.

Lembrando que pela lei atual o trabalhador que optar pelo saque aniversário perde o direito ao saque rescisão, caso seja demitido. Atualmente ele só pode acessar o saldo do FGTS restante  25 meses depois de ter desistido do saque aniversário. Situação que foi amplamente criticada pela esquerda, partidos e economistas que acusaram o governo anterior de penalizar e fragilizar o trabalhador, além de promover a sangria do FGTS cujos recursos mantém vários programas sociais.

Com informações da CBN

 

Compartilhe
Leia Também
Comente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Buscar
Anúncios
Paçocast
Anúncios