Seis meses se passaram e Londrina continua com mais do mesmo

Seis meses se passaram, e como passam rápido, e o governo Marcelo Belinati ainda não conseguiu mostrar para a população “que não falta dinheiro, falta gerenciamento”.

Hoje o Instituto Multicultural apresentou uma pesquisa em que o governo Belinati aparece com 53,5% de aprovação. A população ainda está na fase da trégua, como faz sempre nos primeiros meses de mandato de qualquer prefeito.

Mas se a administração não acelerar, em breve o namoro acaba. Relembre:

“Passei dois anos em Brasília e aprendi o caminho das pedras, onde buscar as verbas”. “O Orçamento da Saúde de Londrina é quinhentos milhões. Não falta dinheiro, falta administração”, dizia o então candidato Marcelo Belinati.

Do discurso que sempre cabe nos pulpitos das Câmaras de Vereadores e até na Câmara Federal, onde poucos prestam atenção e quase ninguém leva a sério, para a prática do dia a dia, a distância é gigantesca.

Algumas cenas para ilustrar que a administração é feita no dia a dia e não apenas no discurso.

Nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAS) de Londrina – e como não tenho plano de saúde, sou frequentador assíduo – a demora para atendimento chega a seis horas, às vezes mais. Raramente tem ortopedista ou outra especialidade. Onde está o dinheiro que sobrava? Onde está o ministro da Saúde, Ricardo Barros, que é do partido do prefeito e era citado como referência de onde viria mais recursos? O prefeito é médico, não é?.

O prefeito da cidade, onde sobrava dinheiro e faltava gerenciamento, quer aumentar o IPTU – deve ser para sobrar mais dinheiro ainda.

Os projetos apresentados até agora, na verdade sempre existiram.

O Compra Londrina – para que empresas de Londrina forneçam para a prefeitura – , se não me falha a memória, é do começo da administração de Barbosa Neto. Projeto que sempre esbarra nas licitações. A lei não permite privilégios.

O projeto para empresas cuidarem de praças, é do governo Cheida.

Os projetos idênticos – ou quase – de intervenções viárias para melhoria no trânsito, já estavam sendo apresentadas como soluções no segundo governo Antonio Belinati, depois nos governos Nedson, Barbosa…

Dias atrás a CMTU apresentou uma solução criativa (?) para melhorar o fluxo dos carros: a sincronização dos semáforos. Ora. A sincronização começou a ser feita há 20 anos, depois foi abandonada, retomada, mas nem de longe é uma novidade.

Talvez a única novidade do governo Marcelo Belinati, recheado de cargos comissionados preenchidos por partidos apoiadores de campanha, é que enfim, ele está caindo na realidade dos números e fatos.

Entre alguns secretários fica evidente que Belinati meio que terceirizou a administração, até porque fica tanto em Brasília que parece continuar lá seu mandato de deputado.

O problema é que, nenhum dos “terceirizados” têm a palavra final já que isso cabe ao prefeito.

Ausente, pouco criativo e ainda conversando como se fosse parlamentar, a única coisa que se percebe é que é apenas o mais do mesmo.

 

 

 

 

12 thoughts on “Seis meses se passaram e Londrina continua com mais do mesmo

  • 20/07/2017, 11:51 em 11:51
    Permalink

    Belinati sempre Belinati.
    Uma maravilha de paizão.
    Tiozão.
    Mas o Ministério Público de Londrina ainda está devendo.
    Cadê a investigação na CMTU e Kurica?
    Cadê a investigação na CMTU e tarifa de ônibus?

    Resposta
  • 20/07/2017, 13:34 em 13:34
    Permalink

    Prezado blogueiro, não participo muito das entranhas políticas, mas esse seu post me cheira rancor pós eleitoral. Vamos acreditar que as coisas vão melhorar, afinal não creio que seja repetido marasmo dos últimos 4 anos, isso já é um grande avanço

    Resposta
  • 20/07/2017, 13:48 em 13:48
    Permalink

    A situação tá fácil pro Marcelo B. porque os tucanos, alguns porque outros seguem o governador e ficam só na paquera do prefeito, ainda estão só no aquecimento. LOL

    Resposta
  • 20/07/2017, 14:26 em 14:26
    Permalink

    Paçoca, o atual governo longe de ser exemplo, até porque começando, também não refleti as suas considerações como um mal perdedor defensor das esquadrias do Orsi. Se de fato algumas ações não são “novas”, pelo menos estão sendo implantadas. A este respeito inclusive, invoco o exemplo do bolsa família criado pelo FHC e colocado em verdadeira evolução pelo Lula. Assim, algumas idéias podem não ser novas, mas as práticas é que fica, e me parece que o governo do Belinati tem pelo menos a vontade e a decisão de implementar, ou será que a inercia Kirefiana deve ser modelo para posteridade, creio que não. Por fim, ainda que pareça um defensor do atual prefeito, não o sou, em verdade sou um Londrinense que acredita que as coisas podem melhorar.

    Resposta
  • 20/07/2017, 16:50 em 16:50
    Permalink

    olha, parece q a cidade nao tem prefeito, ontem a RPC ate fez uma reportagem sobre isso,
    nao sei se isso se deve ao kireeff q era mto midiatico ou pq tem algo errado mesmo!
    Marcelo, bora trabalhar meu querido?

    Resposta
    • 21/07/2017, 14:14 em 14:14
      Permalink

      Que bom hein ,imagine se também não tivéssemos governador e presidente,que maravilha seria o Brasil.

      Resposta
      • 24/07/2017, 19:44 em 19:44
        Permalink

        Que peninha Silvestri vc ficou sem deputado né, tá em cana. E logo vai ficar sem a senadora também, pois tudo indica que ela vai pro mesmo caminho do teu deputado.. chola mais

        Resposta
  • 20/07/2017, 20:30 em 20:30
    Permalink

    Seis meses não, quatro anos e seis meses…

    Resposta
  • 21/07/2017, 10:58 em 10:58
    Permalink

    Meu deus! Quanta gente impaciente… Esperem para sair o aumento do IPTU… Aí sim! Vocês verão funcionários municipais felizes! Vocês contemplarão funcionários rindo à toa na Sercomtel com os aportes milionários da prefeitura! E muito meio-fio branquinho de dar gosto…

    Resposta
  • 21/07/2017, 22:34 em 22:34
    Permalink

    com uma equipe de mequetrefe que o prefeito compos, vai esperar o que, esta povo não tem capacidade nem para roubar e e isto que me da medo……

    Resposta
  • 22/07/2017, 19:02 em 19:02
    Permalink

    quanta gente se doendo pelo belinatinho!!! huahauhau! por isso que o brasil não deu certo e nunca vai dar: o povo tem esse perfil lambe-botas, essa alma submissa de político – qualquer político. quando tem simpatia por um político, acham que ele deve ser endeusado e protegido! ai que quem criticar! uns a gente entende: os que mamam nas tetas do erário. é um pessoal imprestável, que nunca produziu nem produz nada, e vive de sinecuras. se perder a teta, morre. se precisar trabalhar com as próprias competência e talento, passam fome. então lutam com unhas e dentes pelos seus senhores. mas tem uma galera que só paga a conta e, mesmo assim, se coloca no papel ridículo de proteger caras que deveriam ser vistos como meros prestadores de serviço – muito bem remunerados pra isso, aliás. repito: o brasil não deu certo e nunca vai dar, já que o brasileiro é, na grande maioria, inútil, preguiçoso e dependente de salvadores da pátria. precisam sempre de alguém passando a mãozinha na cabeça e dando esmolas, chamadas carinhosamente de “direitos”. o brasil merece ser o que é.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: