Sem tornozeleira

Informa o jornalista Rafael Machado, da folha de Londrina que o juiz da 2ª Vara Criminal de Londrina, Delcio Miranda da Rocha, desobrigou ontem o empresário Homero Wagner Fronja e o ex-chefe de gabinete do vereador Rony Alves (PTB) na Câmara Municipal, Evandir Duarte de Aquino, de usarem tornozeleiras eletrônicas por conta da Operação ZR-3, onde são réus com mais 11 pessoas. Nos dois casos, o magistrado escreveu na decisão que “reconhece que os fatos investigados são graves, mas percebe-se que não há notícia de que a liberdade dos acusados possa influenciar negativamente a oitiva de testemunhas arroladas por outros denunciados”. (leia mais)

Deixe uma resposta