Sercomtel: Com prejuízo de 22 milhões e COVID-19, tem seu balanço ignorado pela atual gestão

A telefônica de todos os londrinenses, publicou o balanço 2019, com faturamento de R$ 198 milhões, o menor valor dos últimos 7 anos, mesmo gastando em publicidade mais de 2 milhões de reais; o maior valor de todos os tempos.

Chama a atenção que a empresa, não fez como em anos anteriores, quando publicou: “Sercomtel Telecomunicações registra lucro de 1,7 milhões em 2018”.

Esse blogueiro, fuçando comunicações do passado, observou que mesmo quando o número não era favorável, a transparência era maior, e o título do comunicado era quase mudo: “Sercomtel divulga balanço financeiro”.

Com faturamento em queda e aumento dos gastos publicitários. O resultado de 2019 já provoca efeitos práticos na telefônica. Não leitor. Não espere trocas no alto escalão.

Ao contrário das empresas privadas, onde a diretoria de marketing seria chamada a se explicar – como é possível perder faturamento, mesmo tendo crescido os gastos com publicidade – a Sercomtel adotou o jeito Paulo Guedes de fazer as coisas.

Nessa semana, a estatal e o Sinttel/PR protocolaram no Ministério Público do Trabalho, mediação com vistas à redução de jornada e salários dos empregados. Em alguns casos, os empregados poderão ter reduzidas suas jornadas e salários à metade.

Em tempos de pandemia, a força de trabalho, mais uma vez, será chamada a dar sua parcela de contribuição.

15 thoughts on “Sercomtel: Com prejuízo de 22 milhões e COVID-19, tem seu balanço ignorado pela atual gestão

  • 30/04/2020, 20:29 em 20:29
    Permalink

    A privatização naufragou. Lá não é Paulo Guedes. É Tedeschi e Balan e Khul que lhufas conhece do setor. Coitado do sercomteliano.

    Resposta
  • 30/04/2020, 20:40 em 20:40
    Permalink

    Sr. Paçoca… é bom esclarecer que a proposta é de redução proporcional… em até 25%.

    Resposta
    • 01/05/2020, 11:58 em 11:58
      Permalink

      Minha flor, reduzir a minha jornada de 8h para 6h não vai me ajudar a cobrir minhas despesas fixas. 25% a menos do meu salário será uma baque. Tenho filhos em idade escolar, aluguel, despesas da casa…

      Sempre trabalhei direito, dei a vida pela empresa, tenho 24 anos de casa, e não dei causa ao problema. A minha parte eu sempre fiz bem!

      a direção podia vir falar conosco. explicar como demos lucro em 2018? e porque demos prejuízo agora? se estamos vendendo menos, não seria o momento de rever as pessoas/estratégias? Vc acha justo diretor ganhar 22 mil por mês? Presidente quase 30 mil e apresentar prejuízo?

      Olha o salário deles aqui:

      https://www.sercomtel.com.br/acesso-informacao/#7

      Na minha opinião, os Diretor e Presidente teriam que ganhar no máximo 30% a mais que o maior salário dos servidores de carreira da empresa. num cálculo rápido isso seria no máximos 15 mil pra diretor e 18 mil pro presidente. Taria mais que justo.

      Podiamos comecar por aí né

      Resposta
      • 04/05/2020, 20:12 em 20:12
        Permalink

        Infelizmente, há muito funcionário que já deviam ter deixado a casa.

        Resposta
  • 30/04/2020, 20:43 em 20:43
    Permalink

    A Sercomtel de todos os londrinenses? Minha não! A minha Sercomtel eu já vendi quando o tucano FHC privatizou os serviços de telecomunicações no país e abriu caminho para multinacionais do setor competirem aqui com a Sercomtel. A política rastaquera local matou a possibilidade de Londrina faturar algum dindim com a venda da empresa no passado, ou melhor, no século passado. Daqui pra frente é prejuízo bancado com os cofres públicos ou falência. Não gostam do capitalismo? É isso aí!!!

    Resposta
    • 03/05/2020, 03:55 em 03:55
      Permalink

      Daí fica a dúvida de quem opina melhor; no balanço da prefeitura a advocacia municipal excluiu a dívida com a Sercomtel, porque considera que a ação será improcedente, enquanto que a Sercomtel mantém a dívida em seu balanço, porque considera que ação será procedente.

      O chefe supremo da Prefeitura e da Sercomtel é o prefeito, Marcelo Belinati, ele poderia decidir quem está certo, e colocar um ponto final nessa estória.

      A matéria foi veiculada neste link
      https://www.impactopr.com.br/londrina-e-a-sercomtel-o-bala…/

      Resposta
  • 01/05/2020, 09:56 em 09:56
    Permalink

    Um Advogado estava representando um acionista ordinário e perguntou na Assembleia a Diretores e Conselheiros:
    “Porque para salvar a sercomtel vcs do conselho não começa reduzindo seus benefícios ao invés de ficar colocando ativo que não existe no balanço”?
    Os cara queriam matar o atrevido.

    Resposta
    • 01/05/2020, 15:19 em 15:19
      Permalink

      As empresas estão reduzindo 30% dos salários de seu diretores e altos funcionários. Na Sercomtel não é diferente. Redução salarial já Cláudio Tedeschi e Luciano Kuhl.

      Resposta
  • 01/05/2020, 12:09 em 12:09
    Permalink

    Paçoca publicou que a prefeitura vai tomar 30 milhões de empréstimo para injetar na Sercomtel.

    Senhores vereadores! Tomem vergonha e incluam as emendas que o Senado colocou no plano Mansueto.

    01.Proibição desse dinheiro de ir para publicidade;
    02. Redução de 50% do salário/subsídio/Jeton de todos os cargos de livre nomeação
    03. Que esse dinheiro não pode ir pra penduricalho. Anuênio. Decênio. Sei lá mais o que.
    04. Cortar as função gratificada.

    Coloquem as travas nesse dinheiro. Porque senão ele evapora. Se vai meter no lombo do contribuinte. Tem que doer também na turma que usufrui, né!?

    Paçoca. Por cidadania. Informa nois desse projeto.

    Resposta
    • 05/05/2020, 07:45 em 07:45
      Permalink

      1 – Concordo
      2 – Nunca aconteceu, nem deve acontecer.
      3 – Não existe anuênio na Sercomtel
      4 – Já deveria ter feito

      Resposta
  • 01/05/2020, 22:18 em 22:18
    Permalink

    Funcionário público ainda não pode ter salário reduzido, a Câmara está tramitando uma lei pra isso, mas por enquanto não pode.

    Resposta
    • 02/05/2020, 10:01 em 10:01
      Permalink

      Sercomtel: servidor publico quando interessa, de empresa estatal quando convém, de empresa provada quando recorre a Justiça do Trabalho. Este é o quadro quando falamos de funcionários da Sercomtel.

      Resposta
  • 02/05/2020, 11:33 em 11:33
    Permalink

    Sercomtel eterno cabide de empregos. Moeda de troca por apoio político. Uma verrgonha do ponto de vista de gestão pública. Se está de pé, deve a sorte pq os funcionários também só compre quem não conhece.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: