Sercomtel está em busca de um milagre

Sercomtel – foto google

Como era de se esperar a Copel não aceitou aportar R$ 120 milhões – mais do que os R$ 100 mi, que se comentava anteriormente – na telefônica Sercomtel.

Ontem ocorreu uma reunião da diretoria da empresa de energia. Conforme apurou a equipe de jornalismo da CBN Londrina, a Copel se propôs a ajudar na contratação de uma consultoria para tentar dar um direcionamento para a empresa, mas não desembolsar a pacoteira que a Sercomtel queria.

Segundo o deputado Tiago Amaral, em entrevista à jornalista Raquel Rodrigues, o fato de a Copel topar, mesmo que apenas ajudar com uma consultoria, pode ser uma luz a ser apresentada na reunião de hoje à tarde na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) em Brasília.

A Anatel sinaliza que pode dar mais um tempinho para a Sercomtel encontrar uma saída. Mas não muito tempo.

A telefônica está em situação muito complicada. Só de ações trabalhistas são mais de 200. Dezenas delas, inclusive, de funcionários que continuam trabalhando na empresa.

 

Deixe uma resposta