Sercomtour, uma visita a Futurecom

Deu no jornal curitibano Impacto Paraná:

Enquanto o prefeito Marcelo Belinati diz liderar tentativas para encontrar uma solução para a grave situação financeira da Sercomtel.

Seus parceiros internos parecem não estar nem aí para a “paçoca” – não para o blog, claro  – e estão vivendo como se não houvesse amanhã na empresa.

O alto escalão da Sercomtel enviará na próxima semana 16 “técnico-turistas” para a FUTERECOM, uma feira de tendências nas telecomunicações que acontece na capital paulista entre os dias 15 a 18 de outubro.

O combalido caixa da Sercomtel pagará 16 passagens aéreas ida e volta; quase 64 diárias de hotel, e se cada indivíduo fizer 2 refeições, serão 128 refeições, mais as diárias.

Destes 16, metade são diretores: Hans Müller (Presidente), Flávio Borsato (Diretor Técnico), Rosângela Micheletti (Diretora Financeira), Luciano Kuhl (Presidente da Ask), Claudio Espiga (Diretor da ASK), Edilson Moreira (Diretor de Finanças da ASK), Roberto Nishimura (Presidente da Sercomtel Internet) e Tiago Carnelos Caetano (Diretor da Iluminação).

Nem a TIM tem tanto diretor quanto a Sercomtel.

Agora, se a cúpula, que conhece e vivencia as dificuldades financeiras da empresa, adota este tipo de comportamento juvenil, que exemplos de “economia” eles passam para o restante da empresa?

Os vereadores sequer sabem da situação da maior empresa municipal da cidade, conforme declaração, dia desses, na CBN.

6 comentários em “Sercomtour, uma visita a Futurecom

  • 12/10/2018, 23:42 em 23:42
    Permalink

    Já que o Paçoca tocou em benesses… O prefeito de Arapongas (aquele que acredita piamente que Beto Richa nunca desviou um centavo dos cofres públicos) acabou de conceder um presentaço para os servidores municipais: servidores públicos de Arapongas terão folga remunerada no dia do aniversário! Quantos funcionários públicos trabalham em Arapongas? Segundo o Portal da Transparência, em torno de 3.000. Quer dizer, a prefeitura de Arapongas vai pagar em torno de 3 mil dias parados por ano. Puta que pariu! A prefeitura de Arapongas deve estar nadando em dinheiro e deve haver funcionários públicos trombando nos corredores das repartições municipais.

    Resposta
  • 13/10/2018, 10:49 em 10:49
    Permalink

    Aprovada a viagem em Ata de Reunião de Diretoria!

    Resposta
    • 13/10/2018, 13:26 em 13:26
      Permalink

      tinha que revogar essa decisao de cobrir todos os passeios dos gestores. No atual contexto de caducidade é imoral gastar com tantas viagens.

      Resposta
  • 13/10/2018, 12:46 em 12:46
    Permalink

    Alguns desses nomes foram enquadrados na lei das estatais por não terem qualificação para trabalhar na área pública. Esse MP, vise promotoria do Patrimônio Público, já foi boa hein. Devem estar com medo de colocar a rataiada para correr. Nem assessor menor eles pegam, que dura prender vereador que pede propina. Tenho saudades dos tempos do Cláudio Esteves….esse sim churavt essa corja. Família Richa que o diga

    Resposta
  • 13/10/2018, 17:37 em 17:37
    Permalink

    Empresa Pública, documentos idem.

    Resposta
  • 14/10/2018, 23:04 em 23:04
    Permalink

    Se realmente tivesse transparência, haveria fiscalizacao dos londrinenses por ser uma empresa pública, e com certeza a empresa não estaria onde está hoje!!!

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: