Stam e Rubens de Camargo são vetados na Itaipu

Do Fabio Campana

Duas indicações do governo Michel Temer (PMDB) para assumir cargos de direção da Itaipu Binacional foram barradas pelo Conselho de Administração da Eletrobras. Segundo reportagem exclusiva da Gazeta do Povo, os consultores recomendaram que os nomes de Marcos Vitório Stamm (diretoria financeira executiva) e Rubens de Camargo Penteado (diretoria administrativa) não sejam confirmados nos respectivos cargos, pois não teriam currículo compatível com as vagas.

Alega-se que eles ocuparam cargos de direção partidária nos últimos 36 meses, contrariando a nova Lei das Estatais, que está em vigor desde junho do ano passado. O impasse surgiu cerca de um mês atrás, logo após o anúncio do novo comando de Itaipu, loteada entre seis caciques políticos paranaenses.

No lugar dos atuais diretores ligados ao PT e PDT, foram indicados representantes do PSDB, PMDB, SD, PR, PSD e PPS. Vale destacar que os nomes dos seis diretores brasileiros da hidrelétrica de Itaipu ainda não foram publicados no Diário Oficial da União.

 

2 comentários em “Stam e Rubens de Camargo são vetados na Itaipu

  • 02/03/2017, 09:39 em 09:39
    Permalink

    Ihhh, vai sobrar pro Japa Adati da Sercomtel.

    Resposta
  • 02/03/2017, 11:53 em 11:53
    Permalink

    O Temer adorou o veto.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: