Telefones de deputados são clonados e marginais pedem dinheiro

de O SUL

Em um dia de atividade parlamentar intensa na Câmara dos Deputados, os números de celular de ao menos três deputados governistas foram clonados por pessoas que enviaram mensagens a outros políticos para pedir dinheiro.
A mensagem causou confusão no grupo de WhatsApp da bancada do PSDB na Câmara, e um parlamentar chegou a fazer uma transferência no valor de R$ 5 mil.

O relator da reforma da Previdência, deputado Arthur Maia (PPS-BA), teve que deixar o prédio do Congresso, entre várias reuniões, para ir até uma operadora de telefonia na noite da última quarta-feira. Por volta das 19h, quando as atenções estavam voltadas para a votação da reforma trabalhista do presidente Michel Temer, o celular dele disparou a seguinte mensagem aos contatos do WhatsApp: “Alguém usa Banco do Brasil, pelo aplicativo do celular ou pelo computador?”.

Pelo número do celular do deputado tucano Marcus Pestana (MG), foi enviada uma mensagem com o mesmo conteúdo. Em seguida, o responsável pela clonagem dizia aos contatos que havia excedido o limite diário de transferência e precisava do apoio dos colegas.(leia mais)

Deixe uma resposta