Um comentário em “Tem que botar pra fora

  • 11/11/2015, 20:41 em 20:41
    Permalink

    Olha, o acordão do Cunha com o PT é um bom motivo para fazer a tal ruptura. Mas dizer que estão fazendo isso por um motivo técnico e uma suposta indignação com a defesa do Cunha é mais uma pisada no ovo por parte do PSDBundão.

    Resposta
  • 11/11/2015, 21:02 em 21:02
    Permalink

    Vamos esperar… Dias atrás, o PSDB emitiu nota criticando o Cunha num dia e no dia seguinte foi tomar cafezinho na casa do evangélico presidente da Câmara e combinar o impeachment da presidente Dilma. Se o PSDB cair de pau de verdade no Cunha, vamos ver a reação do evangélico presidente da Câmara. Dias atrás, ele mandou um recadinho pro FHC que disse que Cunha “tinha trapalhadas” na Telerj. Cunha disse: “… por questão de educação, não vou remeter a fatos pretéritos da época em que eu estava na Telerj”. FHC ficou pianinho. Vamos ver se o Hauly fala grosso do Cunha aqui e fino lá em Brasília. Como todo mundo sabe, Hauly é bom mesmo pra arrumar empregão pra filho…

    Resposta
  • 11/11/2015, 22:17 em 22:17
    Permalink

    aPROVEITA E LEVA O PATRÃO DO SEU FILHO JUNTO, AI NINGUEM PRESTA.TANTO NA ESFERA FEDERAL COMO NA ESTADUAL.

    Resposta
  • 12/11/2015, 09:25 em 09:25
    Permalink

    Nossa! O mega, super inteligente e excelente administrador público, o Hauly, aquele que foi secretário de fazenda do Pr por 2 vezes e, tal qual o LULA, também nunca soube de nada do que seus comandados faziam, engrossou a voz. Que bonito!
    Vamos torcer agora para que ele resolva falar sobre a Publicano.

    Resposta
  • 12/11/2015, 10:35 em 10:35
    Permalink

    Fernando, não seja leviano.

    Resposta
  • 12/11/2015, 10:36 em 10:36
    Permalink

    Parabéns, Hauly, você me representa.

    Resposta
  • 12/11/2015, 13:03 em 13:03
    Permalink

    Qual a posição do Marcelo Belinati e Alex Canziani?

    Resposta
  • 12/11/2015, 18:32 em 18:32
    Permalink

    Marcelo Belinati e Alex Canziani segue a cartilha daquele típico leitão zaroio de Maringá. No Paraná, mamam na teta do PSDB de Richa; em Brasília, mamam na teta do PT da Dilma. São políticos sem postura, votam de acordo com a conveniência, cada projeto é uma negociação.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: