Temer quer 350 votos a favor de um teto para gastos públicos

O governo de Michel Temer conta com mais de 350 votos para aprovar o teto de gastos. Por isso, o presidente Michel Temer exonerou temporariamente dois ministros: Fernando Coelho Filho, Ministério de Minas e Energia e Bruno de Araújo, Ministério de Cidades para que eles possam votar em sessão. O governo conta com 350 votos para aprovar um teto de gastos. Os dois ministros irão participar da sessão que vota a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241 de 2016, que prevê um teto para os gastos públicos.

Deixe uma resposta