Tempo de especulações: Rebuliço na Câmara de Londrina

Enquanto o Congresso ainda não decidiu ser haverá ou não uma janela estratégica para mudanças de partido sem a perda do mandato, os políticos analisam todas as possibilidades.

Leonilso Jaqueta, que já foi diretor da telefônica Sercomtel é ex-vereador e é um dos mais antigos pemedebistas de Londrina diz que a posibilidade de ele deixar a sigla é de 50%. O caminho seria o PTB ou o PPS. Segundo Jaqueta o PMDB precisa discutir política e a cidade, mas só discute candidaturas. “Há muita gente que deseja participar mais, e sem disputar eleições, mas só se fala em candidaturas, fica complicado. Vou esperar mais um pouco para definir o que fazer”, disse ele.

Enquanto isso na Câmara há um rebuliço. O vereador Gaúcho Tamarrado (PDT) estaria conversando seriamente com o PRB; Gustavo Richa (PHS) – que não retorna ligações – pensa em retornar ao PSDB; e Vilson Bitencourt (PSL) está aberto às possibilidades.

Um comentário em “Tempo de especulações: Rebuliço na Câmara de Londrina

  • 02/09/2015, 17:43 em 17:43
    Permalink

    O povo esta se lixando por vcs, ja mostraram a que serve….estou maturando a ideia de dar milão pra cada vereador, ai acaba a putaria….

    Resposta
  • 03/09/2015, 16:52 em 16:52
    Permalink

    O brimo Gustavo Richa no ninho haulysta? Então é fato, o jovem “perdeu” o padrinho político e também brimo Luis Abi Antoun que nessa altura pensa na delação e esta na carência de um novo brimo pra encostar. Sobrou pro Hauly representar os brimos unidos e não tão unidos assim de Londrina.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: