TJ garante direitos políticos de Sandra Graça e ela poderá concorrer à prefeitura de Londrina

A vereadora de Londrina Sandra Graça (PRB) está feliz da vida. Ontem o Tribunal de Justiça Reformou uma decisão da 2ª Vara da Fazenda Pública de Londrina que a havia condenado por improbidade administrativa.

O caso refere-se a acusação do Ministério Público de que Sandra Graça havia mantido um funcionário fantasma durante oito meses em 2008. Segundo a acusação, o então assessor Salvador Kanehise – falecido recentemente – não cumpria jornada de trabalho e teria ficado no Japão por um período recebendo salários. (leia mais)  A pena aplicada em Londrina foi a perda dos direitos políticos e o pagamento de R$ 9 mil.

Segundo o advogado de defesa Leandro Rosa, foi demonstrado ao TJ que na época havia a figura do Assessor Comunitário e não havia, por parte da Câmara, uma rotina normal de controle de jornada. “Depois deste caso o próprio Ministério Público recomendou que a Câmara regulamentasse as jornadas. O fato é que não houve má fé”, disse Leandro Rosa.

O TJ aplicou uma multa de R$ 2 mil à vereadora, mas manteve seus direitos políticos. Com a decisão, Sandra Graça poderá concorrer à prefeitura de Londrina, como pretende.

 

Um comentário em “TJ garante direitos políticos de Sandra Graça e ela poderá concorrer à prefeitura de Londrina

  • 26/05/2016, 18:36 em 18:36
    Permalink

    Essa entre como linha auxiliar do Belinati.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: