TJ manda trancar ação contra empresário de Arapongas acusado na Publicano

Mais um empresário conseguiu dar um chega pra lá na Operação Publicano. O Tribunal de Justiça decretou o trancamento da ação contra o empresário araponguense Paulo de Tarso Goulart. Ele era acusado de dar propina para fiscais da Receita Estadual do Paraná para não ser autuado.

A decisão, assinada pelo desembargador José Carlos Dalacqua, informa ausência de justa causa hábil a sustentar o prosseguimento da ação penal.

O advogado Walter Bittar, que defende Goulart, há outros casos semelhantes que aguardam julgamento no TJ.

Deixe uma resposta