Toffoli recua. Pressão foi forte. Revogou decisão

A porradaria contra o “quase” imperador Dias Tóffoli deu resultado. Aliás, tiros de todo lado inclusive de dentro do Supremo Tribunal Federal.

Com o bafo quente no pescoço, Toffoli decidiu revogar a decisão dele mesmo de ficar com os relatórios financeiros de quase 600 mil pessoas – entre empresas e particulares.

Um comentário em “Toffoli recua. Pressão foi forte. Revogou decisão

  • 19/11/2019, 13:36 em 13:36
    Permalink

    O título de imperadores volta para os procuradores da Lava Jato e para o imperador hors concours, o ministro da justiça. Estes foram abastecidos graciosamente com centenas de relatórios do Coaf sem que isso tenha preocupado qualquer republicano. Certamente eram relatórios de petistas e aliados de petistas.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: