TRE condena deputado Ribas Carli por falsidade ideológica

da CBN Curitiba

O deputado estadual Bernardo Ribas Carli (PSDB) foi condenado a um ano e 8 meses de prisão pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná por falsidade ideológica, uso de documento falso e Caixa 2 durante a campanha eleitoral dele em 2010. Carli está inelegível pelos oito anos seguintes, após o cumprimento da pena.

A decisão do TRE veio após denúncia feita pela Procuradoria Regional Eleitoral em 2013. Por ser réu primário, a pena de Bernardo Carli foi substituída por prestação de serviços comunitários e devolução de valores.

Em 2011, Bernardo Carli havia sido condenado por Caixa 2 na campanha, mas não criminalmente. Ele teve o mandato cassado, mas se manteve no cargo, que passou a ocupar por ser suplente,  por uma decisão liminar do TSE, pelo menos até o julgamento definitivo da causa, que ainda não tem data definida. (leia mais)

Deixe uma resposta