TRE mantém prefeito de Cambé no cargo. Adversários pediam cassação do mandato

Do Jornal de Londrina

O Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) julgou, nesta quarta-feira (15), o pedido do recurso eleitoral contra o prefeito de Cambé, João Pavinato (PSDB). A decisão foi a favor do administrador municipal, que continua no cargo.

Pavinato foi acusado pela coligação “Cambé Unida e Decidida”, derrotada nas urnas, por abuso e uso indevido de meio de comunicação durante a campanha eleitoral de 2012.

A ação judicial pedia a cassação dos registros do prefeito e da vice Aparecida Pascueto. Segundo a coligação “Cambé Unida e Decidida”, o prefeito reeleito teria usado o jornal Cambé de Fato, de propriedade do secretário de Governo da Prefeitura, Luiz Cesar Lazari, para divulgar matérias favoráveis ao seu mandato.

Deixe uma resposta