Turini cobra agilidade ao governo para que laboratório da UEL passe a fazer exames do coronavirus

Da Assessoria

A descentralização dos exames de coronavírus é fundamental para confirmação de casos, tratamentos de pacientes e adoção de medidas de prevenção como isolamento de pessoas próximas. As universidades estaduais, como Londrina, Maringá, Ponta Grossa e Cascavel, têm estrutura para realizar os testes e só dependem de autorização da Secretaria de Saúde do Estado para iniciar a análise em pacientes internados e outras pessoas em situação de risco.
O apelo do deputado estadual Tercilio Turini, feito em pronunciamento na sessão de hoje na Assembleia Legislativa do Paraná, ganhou apoio imediato de outros parlamentares. “A centralização dos exames no Laboratório Central, em Curitiba, cria muita dificuldade nas outras cidades. Em alguns casos, os resultados demoram 10 dias, de doentes internados nos hospitais. Com isso, a realidade do coronavírus fica desatualizada, com mais riscos para a população”, ressaltou o deputado.
Tercilio Turini cita que o Hospital Universitário de Londrina tem capacidade para 100 exames diários, com diagnósticos de confirmação ou descarte em 24 horas. “O momento exige agilidade nos resultados. A descentralização dos testes vai contribuir bastante no trabalho da rede de saúde, salvando vidas e norteando ações”, disse. O deputado relatou que esteve no HU de Londrina juntamente com o deputado Tiago Amaral, sexta-feira passada, e recebeu de dirigentes da UEL e do Hospital Universitário o pedido para interceder junto ao Governo do Estado pela descentralização dos exames.

7 thoughts on “Turini cobra agilidade ao governo para que laboratório da UEL passe a fazer exames do coronavirus

  • 30/03/2020, 18:04 em 18:04
    Permalink

    E os demais deputados? O que estāo fazendo por Londrina?

    Resposta
  • 30/03/2020, 19:43 em 19:43
    Permalink

    Essa é a chamada BURROcracia. Testes que podem sair os resultados em menos de 48 horas estão demorando mais de 10 dias. Além do mais a UEL e a UEM são estaduais também não é? Então qual o problema em habilitar as universidades para fazer os testes tbm? Quanto mais rápido confirmar ou descartar o covid1, mais rápido os hospitais vão poder isolar e/ou liberar ou não pacientes suspeitos.

    Resposta
  • 30/03/2020, 19:58 em 19:58
    Permalink

    Não estou vendo a Prefeitura de Londrina se mexendo para abrir mais leitos para internação e de UTI. Pq não começaram ainda a montar um Hospital de Campanha? Que seja no Estadio do Café ou qualquer outro lugar. Vão esperar explodir os casos de covid19 na cidade para depois agir? Vão esperar faltar leitos para agir? Vai faltar leitos em Londrina, e a Prefeitura já deveria estar agindo.

    Resposta
    • 31/03/2020, 07:54 em 07:54
      Permalink

      Hospital de Campanha no Estádio do Café foi ótima João. Se vier a Covid 19 que vc está esperando o Marcelo Belinati tá ferrado. Kkkkkkk….

      Resposta
    • 31/03/2020, 07:58 em 07:58
      Permalink

      Aqui nesses comentários até paródia do Pulso do Titãs, do saudoso Biro Biroska que ficou louco de tanto passar raiva em Londrina já teve. E olha que o Arnaldo Antunes nem reclamou. Os comentários proibidões do blog devem ser hilários

      Resposta
  • 31/03/2020, 07:54 em 07:54
    Permalink

    Hospital de Campanha no Estádio do Café foi ótima João. Talvez no VGD ou no Moringao. Se vier a Covid 19 que vc está esperando o Marcelo Belinati tá ferrado kkkkkkk.

    Resposta
    • 31/03/2020, 13:32 em 13:32
      Permalink

      Lambari, pode aguardar que o Covid19 que estou esperando, vai vir sim, aliás já veio, já está entre nós, é questão de dias para explodir e levar mais caos ainda para o já caótico sistema de saúde de Londrina. E sim, Hospital de Campanha no Estádio do Café, e quem sabe vai precisar de um no Moringão também. Para vc que está brincando, espero que o dia que vc precisar de um leito hospitalar nessa pandemia, que não esteja tudo lotado.

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: