Uma mexidinha pra encaixar

do Antagonista

Ernesto Araújo assinou em março um documento que permitiria a contratação de pessoas sem curso superior para altos cargos da Apex, informa a Folha.

Com a mudança no plano de carreiras da agência, quem não tem diploma universitário poderia ser empregado em vagas com salários de até R$ 34 mil.

Pela regra atual, os cargos de confiança —que não precisam de concurso público— só podem ser preenchidos por candidatos com superior completo.

Segundo apurou o jornal paulistano, a mudança teria sido feita para permitir a contratação do produtor agropecuário Paulo Vilela, que é de Londrina e se candidatou à Câmara pelo PSL em 2018, mas não se elegeu.

Em abril, Vilela, que tem apenas o ensino médio completo, disse ao Correio Braziliense que havia sido convidado para ocupar a gerência da Apex pela então diretora de negócios, Letícia Catelani – que anda circulando muito por Londrina.

O Itamaraty reconheceu que houve “propostas de alteração” no plano de carreiras da Apex, mas ressaltou que as mudanças não foram adotadas.

Um comentário em “Uma mexidinha pra encaixar

  • 22/05/2019, 16:25 em 16:25
    Permalink

    Imbecis mas espertos! É isso que o Bolsonaro chama de “nova política”.

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: