Uns, mesmo perdendo, ganharam. Outros mesmo perdendo, perderam mais ainda

Além de Marcelo Belinati, vencedor da eleição com 51,57% dos votos, participaram outros sete candidatos em Londrina.

Houve algumas surpresas positivas e outras negativas.

Valter Orsi, empresário e ex-presidente da ACIL, conquistou 35,5% dos votos, um feito importante para quem nunca havia disputado uma eleição e só era conhecido nos círculos empresariais.

Outra surpresa positiva foi o desempenho de André Trindade (PPS), mesmo com pouco tempo de tv e rádio e totalmente desconhecido do grande público, ainda conseguiu mais de 6%.

Até o PSOL de Paulo Silva cresceu. Mais que dobrou a última votação do partido na cidade.

No caso do REDE, a decepção nem foi a candidata Flávia Romagnoli, que fez o possível dentro do que havia de possível. O problema foi o próprio partido, que naquelas rasteiras da velha política, entrou na justiça para cassar a candidatura dela.

Já o PT de Odarlone Orente, que eu apostava que faria pelos menos uns 6%, não chegou a 2%. Nem os petistas votaram no petista.

E, em último, Luciano Odebrecht (PMN), que no seu auge chegou a 2,5% das intenções de voto, terminou a peleja com inexpressivos 0,60%, confirmando aquele velho ditado de que as pessoas gostam de briga, mas não gostam de quem briga.

Se não conseguir um carguito básico por serviços prestados ao belinatismo, retornará ao ostracismo político ao qual estava habituado até recentemente.

2 thoughts on “Uns, mesmo perdendo, ganharam. Outros mesmo perdendo, perderam mais ainda

  • 03/10/2016, 20:54 em 20:54
    Permalink

    difícil a derrota, não precisa ser assim kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Resposta
  • 04/10/2016, 09:12 em 09:12
    Permalink

    esse Luciano Odebrecht deve realmente permanecer no ostracismo, ou ser acomodado na prefeitura depois de tanta bajulação pra cima do marcelo

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: